Apesar de ter uma base menor de usuários em comparação ao WhatsApp, o Telegram é rival direto do app de mensagens do Facebook. Há algum tempo ele atrai usuários por conta das diversas funções que são seu principal diferencial – muitas delas, inclusive, foram copiadas posteriormente pelo app do ícone verdinho.

Com tantas pessoas dando preferência ao mensageiro, crescem também as dúvidas sobre como ativar alguns recursos como bloqueio e desbloqueio de usuários. Se essa é a sua dúvida, vamos ensinar no tutorial abaixo como executar o comando.

publicidade

Como bloquear alguém no Telegram?

1. Abra o app, acesse o chat do usuário que deseja bloquear e clique no nome dele;

2. Em seguida, clique nos três pontinhos escrito “Mais” e toque em “Bloquear”;

3. Confirme a ação tocando novamente em “Bloquear (nome contato)”;

Como desbloquear alguém no Telegram?

Para desbloquear um usuário do aplicativo, basta refazer o mesmo caminho feito para bloqueá-lo.

A opção “Desbloquear” estará disponível tanto no chat, como abaixo do nome e das informações do contato. Clique em qualquer uma delas e confirme a ação apertando “Sim” – vale ressaltar que a confirmação é solicitada apenas quando o desbloqueio é feito pela aba com informações do contato.

Prontinho! Agora você já sabe como bloquear e desbloquear qualquer contato no Telegram, a hora que desejar.

Leia mais!

Telegram: ao infinito e além

O Telegram foi fundado em 2013, pelos irmãos Nikolai e Pavel Durov. Os dois executivos também são os fundadores da VK, a maior rede social da Rússia – apesar de uma empresa não estar ligada à outra. O mensageiro, inclusive, não possui qualquer ligação com a Rússia, tendo sede atualmente em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Segundo Pavel Durov, a base de usuários do app tem crescido de forma constante desde 2013, chegando a um aumento de mais de 40% ao ano.

Um dos grandes diferenciais do serviço, além de algumas claras distinções entre os recursos dele e os do WhatsApp, é a criptografia de ponta a ponta, que existe desde o início e engloba de videochamadas às mensagens escritas.

A criptografia do WhatsApp chegou muito tempo depois do aplicativo ser lançado e veio apenas como uma resposta a diversos problemas que a empresa enfrentou em casos na justiça.

Durov também já deixou claro que ele e o irmão não pretendem vender a companhia, ao contrário do que fez a concorrente, porque, segundo ele, isso mantém a independência e a qualidade do serviço.

Segundo o relatório “Store Intelligence Data Digest”, da consultoria especializada no mercado de aplicativos SensorTower, o Telegram foi um dos 10 aplicativos mais baixados no último trimestre de 2020, ao lado de outros apps como Zoom, Among Us e TikTok.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!