A indústria cinematográfica (sem contar as redes sociais) foi abalada na última quinta-feira (30) após a revelação de que Scarlett Johansson havia aberto um processo contra a Disney em relação ao lançamento de ‘Viúva Negra‘ simultaneamente nas telonas e no streaming. E não é só ela, de acordo com Matt Belloni, ex-editor da revista ‘The Hollywood Reporter’ (THR). A atriz Emma Stone, protagonista de ‘Cruella’, também está cogitando processar o estúdio pelo mesmo motivo.

“Emma Stone, estrela de Cruella, está avaliando suas opções”, escreveu Belloni em sua newsletter What I’m Hearing, onde fala sobre os bastidores do mundo do entretenimento. Ainda no texto, ele cogita que Emily Blunt também pode se manifestar após a estreia de ‘Jungle Cruise‘ neste fim de semana.

publicidade
Cruella
Emma Stone como Cruella DeVille. Imagem: Disney/Divulgação

Tanto no caso de Johansson quanto no de Stone, o argumento é que o lançamento simultâneo prejudica a arrecadação dos filmes com bilheteria – o que contaria “quebra de contrato”, visto que o valor vindo dos ingressos de cinema tem grande influência no salário dos atores e atrizes.

Ainda segundo o jornalista e advogado, fontes próximas ao estúdio disseram que a “Disney é difícil de se lidar” nessas situações e que vários artistas estavam esperando alguém grande ficar sob os holofotes e criticar a empresa para que eles “pudessem se unir”.

Em resposta à ação tomada por Johansson, a empresa chegou a divulgar o salário da atriz e chamou sua demanda de “desrespeito cruel pelos horríveis e prolongados efeitos globais da pandemia de covid-19“. Será que a possível adesão de Stone à causa pode atrapalhar o desenvolvimento da já confirmada sequência de ‘Cruella’?

Leia mais:

Dirigido por Craig Gillespie (Eu, Tonya) e com roteiro de Tony McNamara (‘A Favorita), a bilheteria mundial do filme solo sobre a vilã de ‘101 Dálmatas’ foi de aproximadamente US$ 225 milhões, mais que o dobro do orçamento do filme – US$ 100 milhões), porém ainda menos que o esperado, avaliam críticos de cinema.

Kevin Feige concorda com posicionamento de Johansson e Stone?

Kevin Feige, o chefão da Marvel. Imagem: Shutterstock.com

Ainda conforme a newsletter What I’m Hearing, há um terceiro nome que também estaria indignado com a Disney: o chefe da Marvel Studios, Kevin Feige.

“(Feige é) um homem de empresa e não é dado a confrontos corporativos ou gritos. Mas me disseram que ele está zangado e envergonhado. Ele pressionou a Disney contra o plano para a Viúva Negra, preferindo a exclusividade da tela grande e então, quando ‘a merda atingiu o ventilador’, o filme começou a afundar, e a equipe de Johansson ameaçou um processo. Ele queria que a Disney acertasse as coisas com ela”, afirmou Belloni, ainda apontando que a Disney não irá – de forma alguma – comentar sobre a declaração do executivo.

Fonte: Screenrant

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!