Dono de uma fortuna estimada de US$ 160,6 bilhões, o CEO da SpaceX, Elon Musk, decidiu se mudar, no mês passado, para uma casa pré-fabricada de US$ 50 mil, de apenas 36 metros quadrados. E com um garoto propaganda desse porte, quem está sorrindo à toa é a Boxabl, responsável pela “casita box”, como é chamada.

Com clientes na fila de espera, a startup está em busca de uma captação de US$ 50 milhões para alavancar o negócio.

publicidade
Casa pré-moldada de 36 metros quadrados, no valor de US$ 50 mil, é o carro-chefe da Boxabl, graças a Elon Musk. Imagem: Boxabl

Assim que Elon Musk confirmou em suas redes sociais que estava morando em uma unidade fabricada da Boxabl, o interesse pelas casitas da empresa cresceu expressivamente. 

Até o momento, apenas três casas foram construídas. Com a proposta de oferecer praticidade aliada ao conforto, as unidades pré-moldadas contam com sala, banheiro, quarto e cozinha já estruturados – e ainda podem ter adicionais a gosto do cliente, como um segundo andar, por exemplo. 

Modelo escolhido por Elon Musk é o mais pedido da Boxabl

Embora ofereça também a opção de construir o mais próximo possível de uma casa — e não uma quitinete, como a de Musk — o modelo escolhido pelo bilionário é realmente o que chama a atenção dos novos clientes da Boxabl. 

Já são mais de 50 mil pedidos na lista de espera para adquirir o modelo mais popular da empresa, segundo Galiano Tiramani, fundador da startup.

Leia mais:

Tiramani não nega que esteja aproveitando o holofote recebido pela empresa desde o tweet de Musk. Segundo ele, toda a visibilidade tem impactado tanto no negócio que eles podem escolher quem querem ou não como investidores

“Estou falando com fundos de capital, mas não é algo que temos que fazer. Rejeitamos aportes em que os investidores queriam assumir o controle da empresa”, disse Tiramani, em entrevista ao site americano Business Insider. “A situação é melhor com os investidores individuais. Continuamos no controle total. Estamos dando as cartas”, comemora.

A Boxabl agora quer crescer e começar a gerar lucro, o que ainda não aconteceu. Com sede em Las Vegas, a startup espera a validação da fábrica para atingir escalas ambiciosas na produção ao estilo Elon Musk. 

“Assim que a fábrica for validada, vamos entrar na produção em grande escala e na automação que você vê em uma fábrica de automóveis, com robótica completa e extremamente rápida. A Ford produz um caminhão F-150 a cada 53 segundos. Não há razão para não estarmos no mesmo nível”, completou Tiramani bastante otimista. E como não haveria de estar, não?

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!