Com a avalanche de informação disponível na internet, nem sempre sobra tempo para ficar por dentro das últimas notícias do momento. Por isso, é uma boa ideia experimentar alguma ferramenta que marca e salva os seus artigos favoritos para acessá-los mais tarde.

Existem vários aplicativos para este fim, no entanto, caso não queira instalar nada extra no seu computador, saiba que o navegador Google Chrome é equipado com um recurso nativo que pode te ajudar. Estamos falando da lista de leitura. Veja como funciona.

publicidade

Usar a lista de leitura do Chrome no PC

1. Caso esteja acessando um artigo no Chrome para desktop, o primeiro passo é marcar a página clicando no ícone de estrela na barra de endereço.

2. Logo abaixo, selecione a opção ‘Adicionar à lista de leitura’.

Usar a lista de leitura do Chrome no PC, passo 1

3. Agora, como no exemplo abaixo, para acessar o link salvo basta clicar no botão ‘Lista de leitura’.

Usar a lista de leitura do Chrome no PC, passo 2

Pronto, agora você já conhece uma nova maneira prática de acessar os artigos salvos em uma lista sem precisar instalar nenhum aplicativo adicional. Boa leitura!

Leia mais:

Proteção contra extensões maliciosas

Ilustração de um cadeado com o logo do Google Chrome ao fundo
Google Chrome conta com novos recursos de segurança contra arquivos maliciosos. Imagem: Ink Drop/Shutterstock

Nos últimos meses, o Google Chrome recebeu novos recursos de proteção contra downloads e extensões maliciosas. Um deles é o ‘Enhanced Safe Browsing’ (em tradução livre, navegação segura aprimorada). A novidade alerta os usuários caso tentem baixar uma extensão ou arquivo não confiável, podendo até realizar uma verificação em tempo real nos arquivos considerados inseguros.

Desde junho deste ano, quando o usuário tenta instalar uma nova extensão através da Chrome Web Store, uma caixa de diálogo aparece caso o item desejado não esteja marcado como confiável na plataforma.

Os aplicativos serão considerados confiáveis desde que cumpram as políticas de segurança do Google. Atualmente, vale ressaltar que cerca de 75% das extensões disponíveis na loja do Chrome são consideradas seguras.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!