O grupo de consultoria de soluções tecnológicas e transformação digital FCamara anunciou esta semana uma nova edição (‘Season 2’) do seu Programa de Formação. Com vagas destinadas para desenvolvimento full stack e UX design.

O projeto é voltado para quem deseja aprender ou começar uma carreira em tecnologia mesmo sem experiência prévia, ou formação na área. O único pré-requisito é ter familiaridade com TI.

publicidade

Mercado de TI em alta

De acordo com dados do Banco Mundial, até 2024 serão cerca de 420 mil novas vagas de emprego na área de TI. Imagem: Gorodenkoff/Shutterstock

Segundo a empresa, a última edição registrou mais de cinco mil inscritos na última fase do projeto de capacitação.

A intenção do FCamara é auxiliar o mercado a suprir uma demanda do mercado, que teve aumento expressivo de 310% em vagas no setor de tecnologia da informação no ano passado, de acordo com levantamento realizado pela GeekHunter, startup de recrutamento de profissionais de TI.

Fábio Camara, CEO da empresa, afirma que a iniciativa foi criada para “formar pessoas” e aprender na prática o que um profissional de TI pode fazer. “Acredito que estamos fazendo a diferença tanto para a vida das pessoas quanto para o mercado, investindo no aprendizado e acreditando na evolução de cada um deles”, declarou.

Leia mais:

O programa se divide em duas fases: a primeira é a de seleção, que conta com três etapas: teste, entrevista e hackathon. Por fim, vem o processo de formação em si.

As vagas são remotas e os aprovados, segundo a empresa, trabalham seis horas por dia (podendo trabalhar oito em caso de efetivação). Os benefícios incluem: vale refeição ou vale alimentação, vale transporte, plano de saúde, além de acesso a descontos em cursos e workshops.

A empresa diz que os profissionais também podem participar de diversos grupos de estudos ao longo do curso. Os interessados poderão se inscrever gratuitamente a partir desta segunda-feira (2) até 14 de agosto.

Salários em TI chegam a R$ 17 mil com alta demanda

Uma pesquisa realizada este ano pela The Bridge aponta um aumento considerável em oportunidades de emprego na área de TI. Segundo o estudo, um dos motivos para a maior demanda é a pandemia, que impulsionou a transformação digital em diversos setores econômicos.

Designers de UX, UI, product designer, UX Writer e UX Research, por exemplo, têm uma remuneração variando de R$ 7 mil reais (nível pleno) a R$ 15 mil para profissionais com mais experiência.

Já para perfis de scrum master, agile coach, product manager e product owner, as ofertas começam em R$ 11 mil e chegam a R$ 17 mil. A pesquisa, ainda, informa que as melhores oportunidades partem de empresas sediadas em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!