Um estudo recente aponta que avanço do aquecimento global acelera a criação e aumenta o tamanho de zonas hipóxicas, ou “zonas mortas”, no Oceano Pacífico

Basicamente, uma zona hipóxica é registrada quando especialistas em vida oceânica identificam uma queda grande e brusca dos níveis de oxigênio da água. Isso faz com que a vida animal mais móvel fuja da área, ao passo que animais e organismos fixos ou de movimentação lenta morrem sufocados, tornando a região virtualmente inabitável.

publicidade

O pesquisador da Universidade do Oregon, Francis Chan, afirma que esses eventos de alteração marítima estão ficando cada vez mais frequentes, e as evidências apontam para o aquecimento global como um fator de causa.

A explicação para isso está na química básica: quanto mais quente for a água, menos oxigênio é dissolvido.

Chan disse que ainda não é possível saber quais serão os efeitos de longo prazo do aquecimento global, mas afirma que ele vai criar uma zona morta atrás da outra, e todas crescendo em tamanho. Em um cenário onde a temperatura da Terra não para de aumentar, a situação é muito preocupante.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!