Uma das principais dificuldades em diagnosticar a Covid-19 está nos sintomas da doença, já que eles costumam ser bastante comuns também com outras gripes. No entanto, um estudo indica que esses sintomas podem mudar de acordo com a faixa etária da pessoa infectada.

Segundo a pesquisa da King’s College London, no Reino Unido, publicada na Lancet, 18 sintomas foram avaliados de acordo com a sua presença em pessoas de determinada idade durante os primeiros dias de contaminação. Os resultados mostram uma grande amplitude de sintomas.

publicidade

Em idosos, a perda do olfato não é comum. No entanto, a diarreia aparece com mais frequência nesse grupo. Homens em todas as idades relataram falta de ar e cassação, já a dor no peito foi mais comum em mulheres.

Síntomas da Covid-19

“É importante saber que os primeiros sintomas são variados e podem ser diferentes em cada membro da família. As orientações de teste podem ser atualizadas para permitir que os casos sejam detectados mais precocemente, principalmente diante de novas variantes que são altamente transmissíveis. Isso inclui testes rápidos amplamente disponíveis [no Reino Unido] para qualquer pessoa que apresente um sintoma que não seja essencial”, explicou Claire Steves, principal autora do estudo.

Leia mais!

As repostas foram dadas no aplicativo ZOE COVID COVID Symptom Study entre abril e outubro do ano passado. O modelo também foi aplicado em outras fases da pandemia. Além disso, a variante Delta pode possuir sintomas diferentes da Covid-19.

“Atualmente, no Reino Unido, apenas alguns sintomas da Covid-19 são usados ​​para recomendar o auto-isolamento e testes adicionais. Esperamos que esse método seja usado para encorajar mais pessoas a fazerem o teste o mais cedo possível a fim de minimizar o risco de propagação da doença”, completou a co-autora Liane dos Santos Canas.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!