A Tesla é o “time a ser batido” no mercado de carros elétricos e cada uma das concorrentes tem suas apostas para tentar bater a montadora de Elon Musk. Com a Hyundai não é diferente, a montadora coreana acredita que uma métrica específica que une carregamento rápido e autonomia com uma única carga, a quilometragem  por minuto de carregamento, será a chave para conseguir bater a Tesla.

A indústria de veículos elétricos se concentra há algum tempo em melhorias tecnológicas de carregamento, que visam reduzir o tempo de carregamento dos carros. O comparativo não se dá com os veículos à combustão, já que é possível “abastecer” os elétricos enquanto eles estão estacionados ou quando o proprietário está dormindo, por exemplo.

publicidade

O calcanhar de Aquiles

Estação Supercharger da Tesla. Imagem: Tesla/Divulgação
Carregamento rápido é necessário no caso de viagens longas, por exemplo. Imagem: Tesla/Divulgação

Porém, quando se faz uma viagem mais longa, por exemplo, é importante que o motorista possa recarregar rapidamente seu carro e voltar à estrada o mais rápido possível. E, felizmente, esse é um dos pontos que tem evoluído mais rápido do ponto de vista tecnológico nos carros elétricos, e hoje, os carros mais populares têm uma capacidade três vezes maior do que tinha há alguns anos.

As métricas mais eficientes para demonstrar a velocidade de carregamento de um carro elétrico são o tempo que ele leva para sair de 10% para 80% de sua capacidade total, e a quilometragem alcançada a cada minuto de carregamento. Este último é o mais importante, já que também dá indícios sobre a eficiência do veículo, e é aqui que a Hyundai acredita que pode ganhar da Tesla.

Hoje a Hyundai é a montadora com carregamento mais rápido no mercado, em um espaço que foi dominado pela Tesla por bastante tempo. Isso mudou graças à nova plataforma E-GMP da montadora coreana, que funciona em um sistema de bateria de 800 volts e usa um sistema de gerenciamento térmico avançado para permitir um carregamento muito mais rápido.

A meta é a combustão

Bomba de gasolina no tanque de um carro
Hyundai quer que seus carros elétricos sejam tão eficientes quanto os carros à combustão. Crédito: Pedro França/Agência Senado

Quando se compara um Tesla Model Y e um Hyundai Ioniq 5, o coreano tem um desempenho superior em velocidade de carregamento e autonomia. Segundo o gerente de desenvolvimento de trens de força do Centro Técnico da Hyundai Kia dos Estados Unidos, em Chino, na Califórnia, o objetivo da empresa é alcançar a eficiência dos veículos à combustão nesse campo.

Leia mais:

Em uma demonstração recente, um Hyundai Ioniq 5 foi carregado de 10% a 80% em apenas 18 minutos. Lembrando que, de acordo com a montadora, o carro tem uma autonomia de nada menos do que 450 quilômetros com uma carga de 100%. O modelo deve chegar às concessionárias dos EUA em meados de setembro, mas ainda não se sabe se virá para o Brasil.

Com informações da Electrek

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!