Anunciado pela Apple em 2017, o AirPower seria um carregador wireless versátil, capaz de carregar até três aparelhos (como um iPhone, AirPods e um Apple Watch) ao mesmo tempo. Uma característica única do produto seria a capacidade de recarregar os aparelhos independente de sua posição sobre ele, sem a necessidade de alinhá-los com a bobina de carga como ocorre em carregadores sem fio comuns.

Após vários adiamentos, o produto foi finalmente cancelado em 2019, antes de chegar ao mercado. Oficialmente, a Apple alegou que o AirPower “não satisfaria seus altos padrões” de qualidade, mas segundo rumores os verdadeiros motivos foram problemas com o superaquecimento do carregador e seu alto custo de produção.

publicidade
Protótipo de um carregador AirPower. Estrutura interna em alumínio lembra um teclado, e cada "quadradinho" é um controlador de carga. Imagem: Giulio Zompetti.
Protótipo de um carregador AirPower. Estrutura interna em alumínio lembra um teclado, e cada “quadradinho” é um controlador de carga. Imagem: Giulio Zompetti.

Segundo o site The Verge, o colecionador italiano Giulio Zompetti, de 28 anos, conseguiu adquirir um protótipo do AirPower com fontes chinesas que trabalham com reciclagem de lixo eletrônico. A unidade não tem o revestimento externo, o que deixa expostos os circuitos e a estrutura interna de alumínio.

Leia mais:

Em um curto vídeo publicado em sua conta no Twitter, Zompetti mostra um iPhone exibindo uma animação tridimensional na tela quando colocado sobre o acessório, que indica o ínicio da recarga.

Infelizmente, o protótipo do AirPower não funciona com qualquer iPhone: os telefones também tem que ser protótipos, já que são eles que se comunicam com o carregador para iniciar o processo de carga, e esse recurso foi removido dos modelos vendidos ao público.

O colecionador diz que não conseguiu reproduzir os supostos problemas de superaquecimento, mas que não pode afirmar que eles não existem. Zompetti coleciona protótipos de aparelhos da Apple desde 2018, e tem como objetivo conseguir aqueles com a melhor aparência. Entre os cerca de 35 itens de sua coleção está um raro protótipo do primeiro Apple Watch, datado de cerca de um ano antes do lançamento ao público.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!