Após meses de tensão e conflitos judiciais, o Twitter e a Índia aparentemente voltaram a se entender depois que a rede social começou a seguir as novas leis de tecnologia da informação (TI) do país asiático.

De acordo com o portal Tech Crunch, um representante judicial do governo indiano informou à Suprema Corte de Délhi que as novas medidas adotadas pelo Twitter seguem as exigências do país, como um diretor de compliance e oficial de reclamações que residam na Índia.

publicidade
Twitter. Imagem: Shutterstock
Após conflitos, Twitter passa a seguir exigências da Índia. Imagem: Shutterstock

As novas regras da Índia entraram em vigor em fevereiro deste ano e o Twitter foi uma das últimas gigantes da tecnologia a seguir as exigências, mesmo a país sendo o maior mercado para a rede social.

As tensões entre a rede norte-americana e o governo indiano começaram antes mesmo das novas regras. O governo teceu grandes críticas à plataforma por não terem bloqueado mensagens que foram consideradas “questionáveis”.

O governo da Índia chegou a enviar um esquadrão policial especializado em terrorismo para realizar uma vistoria em dois escritórios do Twitter no país. A ação surpresa aconteceu depois que a rede social rotulou um tweet de Sambit Patra, porta-voz do partido governante, como “mídia manipulada”.

Leia também!

A empresa por sua vez demonstrou grande preocupação com ação do governo.

Em julho, a Índia retirou a imunidade legal do Twitter, fazendo a rede social ser responsável pelos conteúdos compartilhados na plataforma. Após o feito, diversas autoridades indianas entraram com processos contra a rede, alguns voltados para o próprio chefe indiano do Twitter, Manish Maheswari.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!