O magnata sul-coreano Lee Jae-yong, conhecido no ocidente como Jay Y. Lee, ganhou liberdade condicional e deve sair da cadeia na próxima sexta-feira. O vice-presidente e herdeiro da Samsung foi condenado e preso em janeiro deste ano a 30 meses de prisão por casos envolvendo suborno e fraude.

A liberdade anunciada pelo ministério da justiça sul coreana teve apoio político e público à decisão, e cresceu principalmente no meio empresarial, que teme que decisões estratégicas não estão sendo tomadas pela Samsung.

publicidade

As autoridades emitiram uma nota que diz que a decisão foi resultado de uma revisão de vários fatores, entre eles o bom comportamento de Lee no período de detenção.

Mas o vice presidente ainda precisa de uma autorização do Ministro da Justiça para retornar ao trabalho. A lei sul-coreana proíbe que pessoas com certas condenações trabalhem para as empresas locais pelo prazo de cinco anos.

A empresa ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!