Uma pesquisa realizada recentemente pela Federação Brasileira de Bancos, a Febraban, aponta que apenas 37% dos brasileiros afirmam conhecer “muito bem” ou “mais ou menos” a Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD, enquanto que 60% dizem só ter “ouvido falar” ou sequer conhecem a nova legislação.

Mas o estudo aponta ainda que a maior parte dos brasileiros já sofreu alguma tentativa de fraude de dados pessoais, ou conhece alguém que passou por esse tipo de problema.

publicidade

Apesar do pouco conhecimento sobre a legislação brasileira para proteção de dados, 5% dos entrevistados apontam que as leis são “muito eficientes”, enquanto a maioria, 50%, afirma ser “pouco eficientes”.

A pesquisa da Febraban foi realizada com 3 mil entrevistados, de todas as regiões do Brasil, no período de 18 a 25 de junho de 2021.

A Lei Geral de Proteção de Dados organizou normas a serem seguidas por empresas e governos para a coleta e o tratamento de dados pessoais e serve para proteger os direitos de liberdade e de privacidade dos usuários.

A lei foi criada no final de 2018, e entrou em vigor em setembro de 2020. Mas as punições só foram liberadas a partir de agosto. As penalidades vão desde uma advertência até multas diárias, de no máximo 2% do valor do faturamento da companhia, com teto de 50 milhões de reais por infração.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!