Ciência e Espaço

Aquele “outdoor orbital” não poderá ser visto da Terra

Por Rafael Arbulu, editado por Rafael Rigues
16/08/21 17h24, atualizada em 18/08/21 11h44
Um outdoor de led sem anúncios

Crédito: Pawel Czerwinski/Unplash

Você se lembra de quando falamos daquele “outdoor orbital”, fruto de uma parceria (ainda não firmada) entre a SpaceX e a startup canadense GEC? Bem, diante das diversas reações exibidas, algumas pessoas vieram a público para comentar que você sequer será capaz de vê-lo da Terra.

O site NPR lembrou seus leitores de que o satélite que vai “expor os humanos à propaganda espacial” é um CubeSat. Especificamente, este CubeSat…

Leia também

O CubeSat é tão pequeno que cabe em cima de uma mesa, e não é a melhor escolha para grandes exibições. Imagem: Wikimedia Commons/Reprodução

Este é um detalhe importante: o CubeSat é um tipo de satélite de estudos de formato cúbico, com tamanho mínimo de 10 x 10 x 10… centímetros (cm). Não bastasse isso, seu peso máximo sequer chega a 1,5 quilogramas (kg), podendo inclusive ser carregado em mãos.

Normalmente, os CubeSats são posicionados no espaço por meio de lançadores acoplados à Estação Espacial Internacional (ISS) ou, como é o caso no projeto do outdoor orbital, enviado lá para cima como carga secundária de algum foguete que tenha outra missão primária.

Conforme o anúncio feito pela GEC ao Insider na última semana, o que vai acontecer é: o display do CubeSat contará com um braço acoplado que funcionará como um “pau de selfie”. Esse braço vai fotografar/filmar a propaganda exibida em seu display, com a Terra exibida ao fundo, e transmitir o material pelo YouTube.

Empresas que desejarem exibir seus produtos, logotipos, ações ou mensagens poderão “apostar” no espaço com criptomoedas, como se fosse um leilão onde quem pagar mais ficará em exibição até que outros venham e superem seu valor.

E sim, a moeda em questão será o dogecoin. O CEO da GEC, Samuel Reid assumiu ter procurado a SpaceX — e somente a SpaceX — por ser fã dos trabalhos da empresa de Elon Musk. Faz sentido, então, que eles pensem em usar a criptomoeda da qual o excêntrico CEO não é apenas um fã, mas um fiel proponente e, teoricamente, um companheiro de trabalho dos seus desenvolvedores.

A situação não passou despercebida pela internet, que compartilhou memes variados sobre o assunto no Twitter:

“Vou comprar espaço publicitário no outdoor orbital da SpaceX só para exibir essa foto por três semanas ininterruptas”, disse o internauta Michael Kofi, exibindo uma foto de Elon Musk nos tempos de PayPal, quando ele era bastante calvo e anos antes de um transplante capilar.

De qualquer forma, ainda não se sabe nem mesmo se o projeto seguirá em frente: a SpaceX está com o conceito em mãos, mas deve demorar para analisá-lo. A empresa tem outras, prioridades, maiores, nas mãos neste momento.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Tags