Emma Stone desistiu de processar a Disney e, inclusive, assinou para estrelar a já oficializada sequência ‘Cruella 2’. Conforme relatado pelo Deadline, o contrato entre a atriz e o estúdio é benéfico para ambos os lados e não deve resultar em problemas iguais aos que resultaram no processo de Scarlett Johansson.

“Este acordo demonstra que pode haver um caminho justo que proteja artistas e alinhe os interesses dos estúdios com os talentos”, afirmou ao site Patrick Whitesell, presidente executivo da agência responsável por Stone. “Temos a esperança de que isso abra a porta para mais membros da comunidade criativa participar do sucesso de novas plataformas”.

publicidade
Emma Stone como Cruella
Emma Stone como Cruella. Imagem: Walt Disney Pictures/Divulgação

A participação da atriz na continuação era incerta desde que Johansson processou a empresa por usar a estratégia de lançamento simultâneo com o streaming em ‘Viúva Negra’, no final de julho. A polêmica abriu margem para vários talentos da Disney repensarem sobre a ação, incluindo Stone – que considerou veementemente processar o estúdio pelo mesmo motivo.

No caso de ambas as atrizes, a linha de pensamento era a mesma: a estreia simultânea prejudicou a arrecadação dos filmes com bilheteria – o que contaria “quebra de contrato”, visto que o valor vindo dos ingressos de cinema tem grande influência no salário dos atores e atrizes. Em resposta à ação tomada por Johansson, a empresa chegou a divulgar o salário da atriz e chamou sua demanda de “desrespeito cruel pelos horríveis e prolongados efeitos globais da pandemia de covid-19“.

Leia mais:

Com arrecadação de mais de US$ 222 milhões em bilheterias ao redor do mundo, ‘Cruella’ foi um dos principais lançamentos da Disney em meio à pandemia, com estreia simultânea nos cinemas e na plataforma de streaming Disney+. A trama foca nas origens da personagem durante a década de 1980 e traz Emma Thompson como a antagonista. Glenn Close, que foi a vilão em filmes anteriores, é produtora-executiva da nova versão.

Craig Gillespie, diretor de ‘Eu, Tonya’, volta para comandar a ‘Cruella 2’, assim como o roteirista Tony McNamara (‘A Favorita’). Vale ressaltar que ‘Cruella’ já está disponível no Disney+, sem custo adicional.

Fonte: Deadline

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!