A Samsung é a primeira empresa a usar inteligência artificial para automatizar a tarefa de produzir seus chips, em uma parceria com a Synopsys, mas em breve terá companhia de algumas rivais. Vale destacar que não estamos falando de chips criados para inteligência artificial, e sim do uso da tecnologia para criar processadores mais eficazes, rápidos e baratos.

A ferramenta DOS.ai (Design Space Optimization AI) foi lançada pela Synopsys no começo do ano passado, e usa algoritmos de inteligência artificial para entregar semicondutores melhores, mais rápidos e mais baratos, só para citar os três destaques feitos pela empresa em seu site. O co-CEO da Synopsys, Aart de Geus, está bem empolgado com o projeto. Em suas palavras, esse é o “primeiro design de um processador real e comercial com IA”.

publicidade

Google, Nvidia, IBM e até Tesla também testam IA no design de chips

No momento, é a Samsung que está usando algoritmos e ferramentas de inteligência artificial para criar chips mais eficazes, mas em breve, a empresa terá companhia nessa missão. O Google também lançou um paper sobre o uso de inteligência artificial para acelerar o design de chips, mas não falou se os algoritmos eles usados no design do Tensor, o processador do Pixel 6.

Além disso, a Nvidia e a IBM também estão testando o uso de ferramentas IA para otimizarem o design de seus processadores. A Tesla também está fazendo o mesmo, mas a Samsung parece ter saído na frente com seu projeto com a Synopsys. Além das pesquisas e testes das concorrentes, a Synopsys tem parcerias com várias empresas do ramo, as repercussões dessa novidade podem ser bem abrangentes.

Mike Demler, analista sênior do Linley Group, que analisa software de criação de chips, diz que a inteligência artificial é muito indicada para posicionar os bilhões de transístores de um chip. Segundo ele, a tecnologia pode ajudar com “problemas que se tornaram massivamente complexos,” em suas palavras. “Isso vai se tornar uma parte padrão do kit de ferramentas computacionais,” completa.

Leia também:

Samsung não diz quais dispositivos terão o chip feito com inteligência artificial

Uma fonte da Samsung confirmou em declaração para a Wired que a empresa está usando software de inteligência artificial da Synopsys no design dos seus chips Exynos, mas ainda não sabemos em quais produtos eles serão incluídos, ou se já foram, no caso dos recentes Z Fold 3 e Z Flip 3.

Agora é esperar essa nova leva de chips criados com ajuda de inteligência artificial da Samsung e suas concorrentes. Se a promessa for cumprida, eles serão mais otimizados e melhor projetados, e terão o potencial de oferecer um melhor desempenho, maior autonomia de bateria e preços mais interessantes.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!