Prepare o bolso, pois mais uma plataforma de streaming está prestes a estrear! De acordo com anúncio oficial feito em conjunto entre as empresas nesta quarta-feira (18), a Comcast e a ViacomCBS resolveram se unir para lançar um novo serviço a partir de 2022 (sujeito à aprovação regulatória), que estará disponível inicialmente apenas na Europa.

Batizada de “SkyShowtime”, a plataforma ainda não tem data definida de estreia, mas chegará ao mesmo tempo em 20 países europeus – incluindo Espanha, Portugal e Holanda -, abrangendo 90 milhões de casas. O catálogo conterá diversas produções das marcas Sky, Peacock e NBCUniversal, de propriedade da Comcast, e conteúdos das marcas da ViacomCBS, como Showtime, Nickelodeon e Paramount Pictures. O novo serviço terá, mensalmente, espaço para novos filmes e séries de TV, além dos já lançados, e terá a princípio mais de 10 mil horas de conteúdo.

publicidade

“Com o lançamento do SkyShowtime, estamos numa posição única para alavancar o nosso mecanismo de conteúdo global para criar uma oferta de streaming poderosa nesses mercados, de forma rápida e em escala, com um investimento estratégico inteligente por fases”, afirmou o presidente e CEO da ViacomCBS Networks International, Raffaele Annecchino, em nota à imprensa. “Como um complemento à nossa recém-anunciada parceria da Paramount+ com a Sky no Reino Unido, Itália e Alemanha, o SkyShowtime representa uma grande oportunidade para acelerar nossa expansão de mercado e construir uma posição de liderança no nicho de SVOD (Vídeo sob demanda)”.

streaming
Comcast e ViacomCBS anunciam o “SkyShowtime”, um novo serviço de streaming para lançar em mercados europeus selecionados. Imagem: Shutterstock.com

A parceria será organizada por meio de uma joint venture, com igual investimento e controle conjunto pela ViacomCBS e Comcast. Mais detalhes sobre a oferta de serviço do “SkyShowtime”, incluindo os preços e tipos de assinatura, serão anunciados posteriormente.

Por que a união para um streaming?

A NBCUniversal e a ViacomCBS da Comcast decidiram fazer a parceria por um motivo, acredite, voltado ao “bolso do público”. A verdade é que cada empresa sentiu que não havia um apetite de streaming grande o suficiente para desenvolver mais de uma plataforma, segundo relatos de funcionários ao site CNBC – que preferiram não se identificar.

Os preços das assinaturas, inclusive, serão extremamente competitivos e acessíveis em todos os países em que a nova plataforma funcionar, afirmaram as fontes.

Leia mais:

Vale ressaltar que a notícia da chegada do “SkyShowTime” chega apenas duas semanas após a ViacomCBS anunciar parceria para lançar o Paramount + na Europa. No mês passado, vários meios de comunicação chegaram a informar que o presidente-executivo da Comcast, Brian Roberts, e o chefão da ViacomCBS, Shari Redstone, supostamente se encontraram para discutir “maneiras de trabalhar juntos”.

O porquê do nome diferente do streaming também tem motivo. Segundo as fontes anônimas, Roberts fez questão de que a plataforma estivesse atrelada à Sky em vez da Peacock (streaming relativamente grande, principalmente nos Estados Unidos), porque é uma marca mais conhecida na Europa.

Mesmo com a ideia do novo serviço, tanto a NBCUniversal quanto a ViacomCBS sairão atrás de muitos gigantes estabelecidos no mercado na “corrida dos streamings”. Considerando atualmente a adesão dos 54 milhões de inscritos na Peacock e 42 milhões de assinantes em outras plataformas, por exemplo o Paramount +, o “SkyShowTime” ainda terá que batalhar muito para enfrentar a Netflix, Disney+, HBO Max e Amazon Prime Video.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!