Talvez você tenha ouvido falar: neste domingo (22) teremos um evento astronômico que não acontece com muita frequência, uma “Lua Azul”. E pode se estar perguntando: o que é isso? E como eu faço para observar?

Antes de mais nada, vamos deixar bem claro: a Lua não vai mudar de cor. A expressão se refere à segunda lua cheia em um mês. Como o ciclo lunar tem aproximadamente 29 dias, a cada dois anos e meio um mês tem duas luas cheias. Outra definição mais antiga de Lua Azul é a terceira de quatro luas cheias em uma única estação. É o que acontecerá neste domingo.

publicidade

Mas a Lua já ficou azul de verdade, por causa de um fenômeno que aconteceu após a erupção de 1883 do vulcão Kratatoa, na Indonésia. Ele jogou na atmosfera partículas de cinzas com cerca de 1 micrômetro (1 μm) de diâmetro, o tamanho exato para espalhar a luz vermelha, vinda do Sol, deixando outras cores passarem.

Essas cores, refletidas na superfície da Lua, lhe deram uma aparência azulada que persistiu por longo tempo. Durante vários anos após a erupção pessoas reportaram ver uma lua azul, e às vezes até mesmo verde, ou um pôr do sol com cor de lavanda. 

Nos EUA, a frase “once in a Blue Moon” (uma vez a cada Lua Azul) é usada para se referir a um evento que demora a se repetir.

Leia mais:

Na falta de Lua azul, veja as conjunções!

Apesar da Lua não mudar de cor, você ainda tem um bom motivo para olhar para ela. Nas as noites desta sexta-feira (20) e domingo (22) Júpiter e Saturno estarão em conjunção com a Lua, e bem próximos dela no céu. É uma ótima oportunidade para observar dois planetas de uma vez só.

Nesta sexta-feira (20) você verá Saturno bem ao lado da Lua, à esquerda, por volta das 19h. Basta olhar para o leste. Abaixo, e ligeiramente à esquerda, do par, teremos Júpiter. No domingo (22) é a vez de Júpiter ficar próximo da Lua. Ele vai estar diretamente acima dela por volta das 22h, também a leste.

Lua, Saturno (à sua esquerda) e Júpiter, como estarão no céu de Brasília às 19h desta sexta-feira (20). Imagem: Rafael Rigues / Stellarium Web

Lembrando que todos os horários e direções em nossos artigos sobre astronomia consideram um observador em Brasília, e podem ser um pouco diferentes (para mais ou para menos) de acordo com sua região no país.

Observe conosco no Olhar Espacial!

Quer ver Saturno de pertinho, com anéis e tudo mais? Assista ao Olhar Espacial desta sexta-feira!
Quer ver Saturno de pertinho, com anéis e tudo mais? Assista ao Olhar Espacial desta sexta-feira!

Se você não tem um telescópio, tem uma boa oportunidade de observar a Lua e os dois planetas “de pertinho” no Olhar Espacial desta sexta-feira (20). O programa, que vai ao ar às 21h nas redes sociais do Olhar Digital, mostrará imagens ao vivo do Observatório Carina, em Brasília, do astrônomo Marcelo Domingues, e também receberá o astrônomo Izaac Silva Leite, do Observatório Horsehead em São José dos Quatro Marcos, em Mato Grosso.

O Olhar Espacial conta com a participação dos espectadores, que podem mandar perguntas, sugestões e críticas pelas redes sociais do Olhar Digital.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!