Os taikonautas Nie Haisheng e Liu Boming fizeram uma caminhada espacial nesta sexta-feira para terminar a montagem do braço robótico acoplado à Estação Espacial Tiangong.

Além disso, segundo a emissora estatal chinesa CCTV, trabalharam em uma unidade térmica e ajustaram a posição de uma câmera panorâmica.
E panorama é o que não falta. O trabalho tem como pano de fundo o planeta Terra, que pelo menos lá de cima parece tranquilo.

publicidade

Os trajes espaciais chineses são chamados Feitian, que significa “voando para o espaço”, baseados no traje dos cosmonautas russos usados a bordo da Estação Espacial Internacional. Os capacetes são equipados com câmeras que transmitem uma visão em primeira pessoa.

Segundo a agência espacial chinesa, ainda vão ser necessários onze lançamentos planejados até o final de 2022 para concluir a Tiangong, incluindo a entrega de mais dois módulos do laboratório, para expandir a estação de 70 toneladas. Até agora, a China já mandou para o espaço 11 astronautas, todos pilotos da ala militar do Exército de Libertação Popular.

Quando ficar pronta, a primeira estação espacial multimódulo da China vai ter a forma de um T. Além de hospedar equipes e pesquisas chinesas, o país planeja convidar parceiros internacionais para visitar e trabalhar a bordo do posto avançado em órbita.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!