A imunidade das vacinas contra a Covid-19 em pacientes com câncer que tomaram as duas doses é forte. De acordo com uma pesquisa preliminar publicada no JAMA Oncology ainda em agosto.

Segundo o relato, os pacientes foram analisados quatro meses após terem tomado a segunda dose da vacina e a taxa de anticorpos contra a doença permaneceu alta. O estudo usou como base a vacina da Pfizer-BioNtech e analisou 96 pacientes com câncer e outros 66 no grupo de controle.

publicidade

Covid-19 em pacientes com câncer

Os resultados mostram que 87% dos pacientes com câncer tinham anticorpos contra a Covid-19 cerca de 123 dias após terem sido vacinados com a segunda dose. Já no grupo de controle, essa taxa foi de 100%.

“A memória celular de longo prazo pode questionar a necessidade de uma terceira dose de reforço de BNT162b2 (Pfizer-BioNtech)”, disseram os autores no estudo.

publicidade

Leia também!

O resultado, que ainda deve passar por revisões, é importante para entender os efeitos da vacina em pacientes com o sistema imunológico mais fraco. Com os imunizantes tendo uma resposta a longo prazo nesses grupos, uma eventual terceira dose pode ser adiada.

publicidade

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!