Um especialista alertou que uma nova variante batizada de “Covid-22” poderia ser mais letal do que o Delta que é a com mais casos no mundo. O professor Doutor Sai Reddy, do instituto federal de tecnologia ETH Zurich, um imunologista, acredita que a combinação de cepas existentes pode resultar em uma fase nova e mais perigosa da pandemia.

“É muito provável que surja uma nova variante e que não possamos mais contar apenas com as vacinas”, disse o imunologista Sai Reddy. Segundo ele, as variantes do coronavírus da África do Sul (Beta) e do Brasil (Gamma) que sofreram mutação, permitiram escapar dos anticorpos até certo ponto. 

publicidade

Por outro lado, o delta é muito mais contagioso, mas ainda não desenvolveu essas mutações. “Se Beta ou Gamma se tornarem mais contagiosos, ou se Delta desenvolver mutações, então poderíamos estar falando sobre uma nova fase da pandemia”, explicou Reddy. 

Leia mais:

publicidade

Com isso, “esse seria o grande problema do ano que se iniciava. Covid-22 poderia ser ainda pior do que o que estamos experimentando agora”. Além disso, ele observou que descobertas científicas recentes mostram que a carga viral da variante delta é tão alta que qualquer pessoa que a contrair e não for vacinada pode se tornar um “super espalhador”.

De acordo com o especialista, a variante Delta pode evitar a vacinação devido à sua carga viral extremamente alta: “Precisamos combater isso com um alto nível de anticorpos, e é exatamente isso que uma terceira dose de reforço da vacina faz”.

publicidade

Fonte: Insider

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!