Cientistas da Universidade de Osaka, no Japão, usaram células-tronco isoladas de vacas Wagyu para imprimir em 3D uma alternativa de carne que contém músculos, gordura e vasos sanguíneos característicos desses animais .

A carne Wagyu é famosa em todo o mundo pelo alto conteúdo de gordura intramuscular, conhecido como marmoreio ou sashi, que confere à carne sabores ricos e textura distinta. Mas a forma como o gado é criado é frequentemente considerada insustentável, porque contribui enormemente para as emissões de gases prejudiciais ao clima.

publicidade

Com a inovação, se pretende resolver esse problema, usando a estrutura histológica da carne Wagyu para desenvolver um método de impressão 3D que pode produzir estruturas complexas.

Mas a novidade não vai agradar os veganos, já que é feita a partir de células-tronco de vacas. De qualquer maneira, pode ser um exemplo de como produzir alimentos saborosos com menos impactos ao meio ambiente e sem crueldade contra os animais.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!