O cliente pede pelo app, o carro chega e segue para o destino escolhido. Parece uma corrida como qualquer outra, mas nos táxis da Waymo, existem 3 diferenças.

Uma, o veículo conta com câmeras e sensores especiais do lado de fora. Duas, há um monitor no banco da frente que traz uma visão parecida com o navegador do Google Maps, mas que também identifica pedestres e outros veículos. A última é que o motorista não precisa encostar no volante.

publicidade

Afinal, é um táxi robótico, e ele só está lá por garantia. A Waymo é uma subsidiária da Alphabet, empresa-mãe do Google. Ela surgiu em 2006 como uma forma de dar independência os projetos de carro autônomo do Google, apelidados de Google Car.

Os moradores de San Francisco podem baixar o app Waymo One e se tornar um dos trusted testers, ou testadores confiáveis. Depois, é só aproveitar a viagem, como provavelmente vai acontecer no futuro.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!