Os novos óculos de Realidade Virtual (VR) do Facebook, conhecidos como projeto Aria, tiveram detalhes divulgados nesta quarta-feira (25/08). O dispositivo será focado no uso de desenvolvedores para a criação de novas experiências VR para a rede social. Ele não contará com uma tela embutida em suas lentes, sendo utilizado apenas para a captação das dimensões dos ambientes.

Uma cópia do manual do produto foi disponibilizada pelo portal Protocol e descreve o Projeto Aria como um par de óculos com quatro câmeras embutidas e três botões para ligar, captar e silenciar o ambiente. O botão mudo também deve mudar para o modo de privacidade que supostamente interrompe a gravação de som. A especificação das câmeras não foi revelada.

publicidade

Além disso, os novos óculos VR do Facebook contam com uma série de LEDs para indicar a funcionalidade do dispositivo. De acordo com o documento, a ideia é que os transeuntes possam identificar imediatamente se estão sendo gravados ou não. Assim, o Projeto Aria poderá ser utilizado para o mapeamento de locais abertos, por exemplo.

Projeto Aria: óculos VR do Facebook são divulgados. Reprodução: Facebook
Óculos VR do Facebook será destinado ao desenvolvimento de novas experiências para rede social. Reprodução: Facebook/Protocol

Interação com o iOS

Ainda de acordo com o manual, os óculos VR do Facebook carregarão com um cabo USB com uma saída proprietária na outra extremidade. Ele poderá ser pareado com um app de iOS chamado Ariane que deve indicar o status de carregamento do dispositivo, além de coletar os dados filmados.

Leia mais:

Visual pode mudar até o lançamento

A documentação do Facebook descreve o Projeto Aria como um protótipo, o que justificaria a ausência de telas nas lentes dos óculos VR. De acordo com a empresa, o hardware temporariamente batizado de Gemini trata-se de um protótipo. Assim, considerando que outras fabricantes tomam como padrão a adoção de telas LCD neste tipo de dispositivo, é bem provável que o protótipo receba modificações até a data do seu lançamento.

Além disso, o Facebook já anunciou uma parceria com a fabricante de óculos Ray-Ban para o desenvolvimento de dispositivos smart direcionados ao grande público. A ideia é que estes aparelhos funcionem como assistentes, expandindo a experiência dos usuários de maneira semelhante ao extinto Google Glass.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!