Além do 5G, o iPhone 13 pode chegar ao mercado um recurso exclusivo de ligações via satélite. A Apple estaria desenvolvendo um sistema de chamadas via rádio que utilizam a conexão de dispositivos de baixa orbita terrestre, conhecidos como Satélites LEO. A conexão deve possibilitar que os usuários do iPhone 13 façam ligações e enviem mensagens mesmo quando não estiverem em áreas de cobertura do padrão 4G e 5G.

A informação foi divulgada pelo analisa de mercado chinês Ming-Chi Kuo que destacou que, no futuro, a tecnologia via satélite também pode ser utilizada pela Apple em dispositivos de realidade aumentada (AR) e no Apple Car.  Ainda de acordo com o analista, o iPhone 13 deve se conectar aos satélites com uma versão customizada do modem X60 da Qualcomm, o modelo base é o mesmo utilizado nas conexões 5G de smartphones com SoC Snapdragon da linha 888 e superiores.

publicidade

Conexões via satélite podem estar em desenvolvimento há certo tempo pela Apple. Em 2019, a Bloomberg chegou a mencionar que a empresa já estudava a tecnologia de redes para o iPhone 12, o que fortalece os rumores da conexão presente no iPhone 13.

Leia mais:

iPhone 13 pode ter recurso apenas para emergências

Apesar dos rumores, não há informações se o iPhone 13 poderá utilizar a conexão via satélite para qualquer recurso, incluindo serviços da Apple como o FaceTime e o iMessage ou se a função será restrita a chamadas de emergência, podendo ser ativada apenas quando não houver outras conexões disponíveis. Também não está claro se o serviço será gratuito, como GPS, ou se exigirá assinaturas adicionais.

Além da Apple, a Starlink, empresa do Elon Musk, também estuda conexões de internet via satélite. De acordo com o bilionário, o serviço de banda larga da subsidiária da SpaceX já está em testes em alguns locais do mundo e deve contribuir para o avanço tecnológico de regiões agrícolas que ainda dependem de conexões via rádio.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!