Anya Taylor-Joy recebeu uma “ajudinha” de Edgar Wright (‘Baby Driver: Em Ritmo de Fuga’) para conseguir o papel de Furiosa no prequel de ‘Mad Max: Estrada da Fúria‘ (2015). De acordo com matéria na última edição da revista Empire, o cineasta bateu um papo com George Miller, diretor do spin-off, sobre a escolha da atriz, que ascendeu na indústria após espetacular atuação na minissérie ‘O Gambito da Rainha’, da Netflix.

Ele contou que viu Taylor-Joy atuar pela primeira vez ao ver ‘Noite Passada em Soho’ (2021), novo longa de Wright. “Eu conhecia Anya, mas nunca a tinha visto em um filme até que a vi em ‘Soho’. Me lembro de ter pensado: ‘Puxa, ela é interessante'”, afirmou Miller. “Comecei a dizer: ‘Estou procurando alguém para escalar como Furiosa’. Mal consegui terminar a frase antes de você dizer: ‘Não diga mais nada, ela é ótima, será gigantesca. É fantástico trabalhar com ela'”.

publicidade
Anya Taylor-Joy em 'O Gambito da Rainha'. Imagem: Phil Bray/Netflix
Anya Taylor-Joy em ‘O Gambito da Rainha’. Imagem: Phil Bray/Netflix

De acordo com os cineastas, Taylor-Joy foi prontamente chamada para um teste online. Miller, então, pediu para a atriz ler o discurso “Estou furioso,” do filme ‘Rede de Intrigas’ (1976). “Eu disse a ela: ‘Gostaria que você fizesse um teste muito simples, que é ler algo para a câmera'”.

Ainda segundo Miller, “Anya fez uma versão que foi muito boa.” O diretor deu alguns direcionamentos para a artista de 25 antes de enviar o vídeo para o estúdio, mas o resultado “foi tão convincente que nem precisaram parar para decidir”. “Ela acertou em cheio. Acho que o testo foi feito em um iPhone”, comentou.

A produção do prequel foi anunciada em 2020. Além de Taylor-Joy, Chris Hemsworth também irá estrelar a produção, que deve ter as filmagens iniciadas em 2022, na Austrália. Vale ressaltar que o longa-metragem está envolto de polêmicas após Charlize Theron, que interpretou furiosa no aclamado filme em 2015, declarar em recente entrevista à revista The Hollywood Reporter que “achou difícil de engolir o fato de que não estará no longa-metragem”.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!