Pro

Spotify apresenta novo modelo de publicidade para podcasts

02/09/21 11h44
Spotify

Imagem: Funstock/Shutterstock

O Spotify vai apostar as suas fichas em um novo modelo de publicidade no Brasil. A novidade, que se chama “Spotify Podcast Ads”, permitirá que os anunciantes comprem inserções publicitárias em podcasts originais e exclusivos direto na plataforma de streaming.

Lançado nesta quinta-feira (2), o novo modelo de anúncios contará com relatórios baseados em impressões e não somente em quantidade de downloads. Há ainda outras informações, como o alcance e a frequência da publicidade, o que permite analisar os dados de cada anúncio com mais precisão e tomar decisões assertivas nas campanhas.

Jon Hales, diretor interino de vendas do Spotify na América Latina, diz que o recurso elevará a publicidade em podcasts “para o próximo nível”, oferecendo “insights exclusivos” e “soluções criativas” para que os anunciantes consigam capturar a atenção dos ouvintes.

O movimento ocorre em um cenário aquecido para o conteúdo em áudio. O consumo mundial de podcasts, segundo o Spotify, cresceu 95% em 2020.

Leia mais:

Spotify focado no setor de publicidade

A expectativa do Spotify é que o mercado publicitário em conteúdo de áudio tenha uma expansão acelerada. Imagem: Andrei_Diachenko/Shutterstock

A novidade é parte de uma mudança que o Spotify vem traçando rumo ao setor de publicidade. Agora, com a compra de anúncios centralizada na plataforma, a empresa terá um modelo de negócio semelhante ao de outras gigantes como o Google e o Facebook.

Reforçando essa tendência, o Spotify adquiriu a Megaphone em 2020, uma empresa focada justamente em direcionar publicidade em inserções de áudio.

Dawn Ostroff, diretora de conteúdo no Spotify, finaliza afirmando que a plataforma mudou o formato de consumo de podcasts. A executiva diz que antes era muito comum baixar os episódios, o que deixava os anunciantes sem a possibilidade de avaliar dados e métricas. Já a audição via streaming, permite coletar mais informações em tempo real.

Créditos da imagem principal: Funstock/Shutterstock

Via: Exame

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Tags