Fenômeno do Big Brother Brasil (BBB), das redes sociais e, agora, da música brasileira. Lançado na última quinta-feira (2), o EP da vencedora da edição do 2021 do reality show, Juliette Freire, alcançou o posto de melhor estreia nacional da história do Spotify no Brasil, de acordo com por dados publicados na plataforma Spotify Charts.

Em apenas 24 horas após o lançamento do projeto musical, as seis músicas da paraibana registraram 5.957.879 milhões de streams. A influencer e agora cantora ultrapassou os álbuns do rapper brasileiro Matuê, que ocupa o segundo lugar com 4,7 milhões, Anitta (terceiro, com 4,2 milhões) e Luísa Sonza (quarto, com 4,1 milhões).

publicidade
juliette capa
Capa do EP ‘Juliette’. Imagem: Rodamoinho Records/Divulgação

Na playlist oficial “Top 50 Brasil”, atualizada pelo serviço de streaming com as músicas mais tocadas da plataforma no País diariamente, a música “Diferença Mara” foi a segunda com mais streams (1,253,952) um dia após o lançamento do EP. “Bença” estreou em quarto, com 1,105,339, e “Vixe que Gostoso” em décimo, com 940,544.

Nesta segunda-feira (6), todas as faixas do mini álbum ultrapassaram 1 milhão de streams, conforme os números divulgados pelo Spotify. Confira os números mais recentes abaixo:

  • 1. Bença – 2.033.899 streams
  • 2. Diferença Mara – 2.473.179 streams
  • 3. Doce – 1.678.607 streams
  • 4. Sei lá – 1.581.004 streams
  • 5. Benzim – 1.540.492 streams
  • 6. Vixe que Gostoso – 1.847.150 streams

Juliette ganha primeiro videoclipe e tem recorde antes do lançamento

E a divulgação do EP não para. Também nesta segunda-feira (6), Juliette anunciou que “Diferença Mara” foi escolhido como o single “carro-chefe” do projeto. Um videoclipe oficial da canção – o primeiro da carreira como carreira como cantora – estreou no Youtube e já conta com quase 500 mil visualizações em cerca de três horas. Assista abaixo:

Ainda na semana passada, a paraibana estabeleceu um novo recorde na indústria musical brasileira antes do lançamento do EP de estreia. De acordo com a gravadora Virgin Music, o disco recebeu 600 mil pré-saves em plataformas de streaming – número maior do que qualquer projeto de um artista brasileiro. 

Somente no Spotify, foram mais de 222 mil fãs que reservaram o disco para ouvir no lançamento, superando um recorde que anteriormente pertencia ao álbum ‘Doce 22’, de Luísa Sonza, também lançado este ano. 

Leia mais:

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!