Apesar dos rumores que o Apple Watch Series 7 estaria com a linha de produção atrasada, o novo smartwatch deve mesmo ser lançado junto com o iPhone 13, na próxima semana. Para não atrasar os cronogramas promocionais, a Apple estaria planejando lotes menores do dispositivo.

As informações foram divulgadas por Mark Gurman, analista de mercado da Bloomberg, que descreve três cenários possíveis para o Apple Watch 7: o anúncio é atrasado enquanto os problemas de produção são resolvidos, o anúncio avança e o dispositivo chegará às lojas em quantidades limitadas ou o dispositivo é anunciado, mas sem previsão de chegada ao mercado.

publicidade

De acordo com o analista, a primeira opção é a mais viável para a Apple que ainda pode se beneficiar com o desejo causado pela escassez do produto nos consumidores. Além disso, esta não seria a primeira vez que um produto da empresa sofre com poucos lotes para a alta demanda. Em 2015, quando o primeiro Apple Watch foi lançado, a empresa também sofreu com atrasos na entrega do dispositivos. O mesmo aconteceu em 2020 com a chegada do iPhone 12 que sofreu com a falta de semicondutores no mercado, em decorrência da pandemia de Covid-19.

Leia mais:

Dificuldades com o tamanho do Apple Watch 7

Na última semana, Mark Gurman revelou que a tela do Apple Watch 7 deve ser um pouco maior que a dos modelos atuais. O dispositivo chegará ao mercado com versões de 41 e 45 mm, o que resultou no atraso da fabricação do smartwatch.

De acordo com um relatório publicado pela Nikkei, as fabricantes parceiras da Apple estariam enfrentando dificuldades em adaptar as linhas de produção para o novo tamanho do dispositivo. Além disso, as paralisações ocorridas pela pandemia da Covid-19 também atrapalharam o cronograma.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!