A Porsche está apresentando aos olhos do mundo o Mission R, um novo conceito de carro para corridas GT totalmente elétrico. A máquina é uma visão da empresa sobre o futuro tecnológico sem emissões no automobilismo (e – por que não? – na estrada).

imagem lateral do carro
Divulgação/Porsche

No modo que a Porsche chama de “qualificação”, o carro com tração nas quatro rodas tem uma potência máxima do sistema de mais de 800 kW (1.088 cavalos). Já a potência contínua do sistema no modo de corrida é de 500 kW (680 cavalos). Para garantir um sistema de potência otimizado (sem perdas), o carro possui resfriamento direto a óleo nos motores e na bateria.

publicidade

Pesando cerca de 1.500 quilos, a máquina alcança uma velocidade máxima de mais de 300 km/h, tendo uma aceleração de zero a 100 km/h em menos de 2,5 segundos. De acordo com a Porsche, o desempenho do Mission R está no mesmo nível do atual 911 GT3 Cup da montadora.

parte interna do Mission R
Divulgação/Porsche

O carro traz um par de motores elétricos e baterias de aproximadamente 85 quilowatts-hora. Segundo a fabricante, é o suficiente para conduzir o veículo por uma corrida típica de 30 a 40 minutos sem parar.

Além disso, o sistema conta com tempo de carregamento rápido usando o Porsche Turbo Charging e sua tecnologia 900V. Isso significa uma carga de 5 a 80% (até 340 quilowatts) em apenas 15 minutos.

Leia mais:

Velocidade e sustentabilidade

Lateral do Mission R
Divulgação/Porsche

O Mission R é um conceito onde a Porsche demonstra novos materiais, como plásticos reforçados com fibra natural à base de linho (NFRP), usados ​​na carroceria e no interior. Esse material gera menos 85% de emissões de CO2 . Sua gaiola é feita de fibra de carbono e forma uma espécie de exoesqueleto, pois também faz parte do teto transparente, trazendo proteção integrada contra capotamento.

parte do teto transparente do Mission R da Porsche
Divulgação/Porsche

Para ajudar na aerodinâmica, as câmeras substituem os espelhos laterais padrão. Há um sistema de redução de arrasto, com uma asa traseira ajustável de dois níveis. Seu sistema também compreende três venezianas nas entradas de ar em cada lado da seção do nariz.

asa do conceito de carro elétrico da Porsche
Divulgação/Porsche

O Mission R está sobre rodas de bloqueio central de copo de magnésio de 18 polegadas. Com aeroblades de carbono de superfície lisa, as rodas de liga leve também têm fluxo otimizado. Seus cinco raios gêmeos são fresados, o que economiza peso.

detalhe da roda do conceito elétrico da Porsche
Divulgação/Porsche

A Porsche mencionou especificamente o 718 Cayman como sendo semelhante em tamanho ao Mission R, embora o conceito seja muito mais largo e mais baixo, medindo 1.990 milímetros de diâmetro e apenas 1.190 mm de altura.

Porsche Mission R, conceito elétrico da fabricante
Divulgação/Porsche

Aliás, o Mission R é um primeiro vislumbre do que poderá ser (ou do que podemos esperar) do design do sucessor do 718 Cayman. Os rumores à volta dos sucessores do 718 Cayman e do 718 Boxster têm-se focado sobre que tipo de motorização terão, onde a eletrificação é apenas uma questão de tempo.

A Porsche estima que, já em 2030, mais de 80% de suas vendas serão de veículos elétricos, com o restante sendo composto pelo 911 (que será seu último reduto do motor de combustão interna). Em 2022, o desempenho do Mission R se tornará realidade em um campeonato de jogos de corrida virtual. Por ora, é possível saborear um pouco da máquina no vídeo da Porsche abaixo:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.