O governo de Singapura começou a testar robôs policiais para o patrulhamento de áreas públicas. Os dispositivos têm autorização para notificar o comportamento social considerado inadequado pelas entidades, além de atitudes que desrespeitarem as normas de segurança contra a Covid-19.

De acordo com as autoridades do país, por enquanto, o patrulhamento será feito por dois robôs policiais autônomos desenvolvidos pelo Home Team Science and Technology Agency de Singapura.
Chamados Xavier, os policiais robóticos estão equipados com câmeras que podem detectar os hábitos das pessoas e emitir alertas para o centro de comando e controle da polícia.

publicidade

Segundo os desenvolvedores, a patrulha robótica passará por um período de testes de três semanas. Neste período, os robôs vão apenas observar os cidadãos para assimilarem os seus hábitos. Somente após esta etapa de reconhecimento é que os dois estarão habilitados para emitir julgamentos.

Além dos robôs, Singapura pretende investir em mais de 200 mil câmeras de monitoramento até 2030.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!