Sonic Colors: Ultimate‘ foi lançado recentemente, mas a Sega já está divulgando declarações abordando alguns erros do remaster. Usuários que jogaram antes de chegar às prateleiras ou lojas digitais têm reportado que o game está cheio de bugs e glitches, principalmente no Nintendo Switch. São tantos os relatos negativos sobre o título nas redes sociais que a responsável pelas contas oficiais do ouriço azul precisou se manifestar através de comunicado ao público.

Alguns dos problemas também resultam em luzes piscando intensamente, o que pode causar até convulsões em pessoas que são propensas à ataques epiléticos por brilhos intermitentes ou padrões contrastantes de claridade e escuridão (fotossensibilidade). Confira no vídeo abaixo (ATENÇÃO: CUIDADO AO ASSISTIR):

publicidade

Entre outras falhas reportadas estão glitches visuais e instabilidade geral, impedindo que os jogadores avancem para as próximas fases, por exemplo. Além disso, há relatos de quedas bruscas na taxa de quadros por segundo (FPS) e desempenho ruim, algo que afeta diretamente a experiência. Os problemas ocorrem em todas as plataformas em que o game foi lançado (Xbox e PlayStation), mas são mais notáveis no Nintendo Switch, conforme dizem os relatos.

A Sega afirma já estar ciente dos bugs. “Ei pessoal! Agradeço todos os seus comentários sobre ‘Sonic Colors: Ultimate’, e as equipes estão ouvindo e avaliando para uma atualização futura. Obrigado a todos por sua paciência enquanto investigamos isso!”, afirmou Kate “MiniKitty” Chrzanowski, gerente de mídia social da marca.

Há relatos falsos sobre ‘Sonic Colors Ultimate’

Mesmo com bugs e glitches, o caso envolvendo ‘Sonic Colors Ultimate’ é mais uma comprovação de que o público nas redes sociais pode ser, algumas vezes, extremamente maldoso. Muitas pessoas com a intenção de apenas participar das discussões e garantir alguns likes têm gravado o jogo usando um emulador para criar vídeos criando vários outros problemas inexistentes no remaster.

No mesmo comunicado, “MiniKitty” comenta que perder tempo averiguando quais são bugs legítimos e quais são de emulador realmente tem tornado mais lento o processo de encontrar o que deve ser corrigido no título. “A Sega não se responsabiliza pela qualidade de seus jogos em emuladores não oficiais. Está fora do nosso controle”, afirmou a porta-voz.

De qualquer forma, ‘Sonic Colors: Ultimate’ está disponível no Xbox One, PS4 e PS5 (via retrocompatibilidade), PC e Switch. Embora os bugs de indução de convulsões ainda estejam sendo analisados, aqueles com epilepsia podem querer esperar até que o patch seja lançado.

Leia mais:

Fonte: Kotaku

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!