O rover Perseverance, da Nasa, retirou a segunda amostra do solo de Marte na última quarta-feira (8). Desta vez, o Perseverance coletou parte do núcleo perfurado de uma rocha marciana que recebeu o nome de “Rochette”.

De acordo com a equipe designada para a missão, a amostra foi posicionada em um tubo de titânio designado e devidamente selada pelo Perseverance. A missão ocorreu apenas quatro dias após a coleta da primeira amostra, que também foi retirada da Rochette.

publicidade

Na terceira tentativa

Esta foi a terceira tentativa de coletar amostras de rochas de Marte, mas só a segunda a ser bem-sucedida. Na primeira tentativa, o rover encontrou uma rocha muito fofa, que acabou se despedaçando assim que a broca a tocou, em 5 de agosto.

Então, os pesquisadores tiveram que recorrer à sua segunda opção, Rochette, que é feita de um material bem mais resistente e aguentou não só uma, mas duas retiradas de amostras em um intervalo relativamente curto.

Estudo das amostras

O objetivo da equipe do Perseverance é que um dia essas amostras sejam trazidas para a Terra, a fim de serem estudadas em laboratórios de diferentes partes do mundo. Estudar essas amostras possibilitará levantar informações sobre o clima e a estrutura geológica de Marte.

Leia mais:

Nesta sexta-feira (10), às 13h00, no horário de Brasília, os funcionários da Nasa que compõem a equipe da missão Perseverance concederão uma coletiva de imprensa. Os pesquisadores vão discutir sobre os recentes esforços de coleta de amostras do rover e o que foi aprendido sobre a Rochette até aqui.

A transmissão será feita ao vivo, em inglês, pelo site oficial da Nasa. Entre os participantes estarão a diretora da Divisão de Ciência Planetária da Nasa, Lori Glaze,e o chefe da equipe de operações de amostragem estratégica da Perseverance, Matt Robinson.

Via: Space

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!