Após o sucesso estrondoso de ‘Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis‘ no mundo todo, a Disney e Marvel Studios decidiram manter um lançamento exclusivo nos cinemas para ‘Eternos‘. Ou seja, sem a disponibilização simultânea para streaming ou por meio do Premier Access do Disney+, como aconteceu em ‘Viúva Negra‘. As informações são do jornalista e ex-editor da revista The Hollywood Reporter (THR), Matthew Belloni.

“Depois do CEO da Disney Bob Chapek basicamente desafiar ‘Shang-Chi’ a se apresentar nos cinemas no fim de semana do Labor Day (feriado estadunidense), que fez US$ 94 milhões no mercado interno, ele não poderia colocar ‘Eternos’ no Disney+, certo? Disseram-me que Chapek e o chefe de distribuição Kareem Daniels tomaram a decisão sobre o destino do filme de novembro, e ele realmente receberá uma exibição exclusiva nos cinemas”, declarou Belloni em newsletter. Questionado o conglomerado de mídia optou por não comentar.

publicidade
Cartaz oficial de 'Os Eternos', filme do Marvel Studios dirigido pela vencedora do Oscar Chloé Zhao. Imagem: Divulgação
Cartaz oficial de ‘Os Eternos’, filme do Marvel Studios dirigido pela vencedora do Oscar Chloé Zhao. Imagem: Divulgação

‘Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis’ ficou em uma situação complicada quando a Disney decidiu não lançá-lo simultaneamente nos cinemas e no Disney+, como fez com outros filmes durante a pandemia de Covid-19, incluindo ‘Viúva Negra’. Chapek, inclusive, considerou a decisão como um “experimento interessante” e, embora o comentário tenha sido considerado controverso – visto que a produção é a primeira do Marvel Studios ser centrado em um super-herói asiático, ele capturou com precisão o que estava acontecendo relação à bilheteria dos cinemas. O estúdio estava considerando adiar ‘Eternos’ caso o longa de Destin Daniel Cretton tivesse um desempenho inferior.

A decisão de lançar ‘Eternos’ exclusivamente nas telonas é importante, e não apenas para os próprios cinemas que precisam do tipo de participação que um filme da Marvel pode proporcionar. Como ‘Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis’, o filme de Chloé Zhao (vencedora do Oscar por ‘Nomadland’) é outro que prega e defende a diversidade – além de ter uma mulher asiática por trás das câmeras, o elenco é uma mistura de idades e etnias e, supostamente, apresentará o primeiro super-herói gay do Universo Cinematográfico (MCU). Caso a produção de Cretton não tivesse atendido as expectativas do estúdio, particularmente devido aos comentários de Chapek, um atraso do longa estrelado por Salma Hayek e Angelina Jolie só teria desconsiderado aos olhos do público os esforços do Marvel Studios para melhorar o fator representatividade pós-‘Pantera Negra’.

Leia mais:

De qualquer forma, a estreia de ‘Os Eternos’ está marcada para 5 de novembro de 2021, no Brasil. Já ‘Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis’ segue em cartaz nos cinemas de todo o mundo. Na crítica do Olhar Digital, o longa é muito bem produzido e marca o “retorno épico aos filmes de artes marciais”.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis
‘Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis’ é sucesso de bilheteria. Imagem: Walt Disney Studios/Divulgação

Fonte: Screenrant

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!