A Samsung deve continuar no mesmo caminho de novos smartphones dobráveis com preço menor, envolvendo até mesmo o próximo Galaxy Z Fold 4. A estratégia da fabricante coreana já reduziu valores sugeridos de todos os modelos em mercados internacionais, principalmente com a queda de aproximadamente 33% no custo do Galaxy Z Flip 3, quando comparado ao modelo anterior.

As vendas dos aparelhos dobráveis da Samsung vão muito bem com os novos modelos, cenário que deve seguir exatamente nesta trajetória para os próximos celulares, que sequer foram anunciados. É o que ventila um rumor recente vindo da própria Coreia do Sul, apontando para cortes nos custos de produção do Galaxy Z Fold 4, ao mesmo tempo que melhorias devem ser implementadas em alguns pontos.

publicidade

Leia também

Galaxy Z Fold 3 (Imagem: divulgação/Samsung)
Galaxy Z Fold 3 (Imagem: divulgação/Samsung)

Quem aposta suas fichas (dinheiro, sabe) em um celular novo, com tecnologia inovadora, sabe que o custo sugerido deste aparelho tende a ser o maior de seu segmento. Foi o que aconteceu com o primeiro Galaxy Fold ao chegar por US$ 2 mil no mercado internacional (R$ 13 mil aqui), mas a segunda geração resolveu alguns dos problemas da primeira e logo depois do lançamento já recebeu corte no preço, baixando US$ 200.

Este tipo de corte acontece com o custo menor da fabricação, seja por peças que começam a aparecer em mais fornecedores e a concorrência derruba o preço, ou mesmo quando a Samsung consegue remover alguma parte, ou trocar o material dela, para esse mesmo objetivo.

Redução de preços já aconteceu na Samsung

No Galaxy Z Fold 3 deste momento, a Samsung trocou o fornecedor da bateria, mesmo cenário encontrado com o Z Flip 3. A recente aparição da LG com um novo material para a tela flexível, capaz de ser mais resistente e ainda assim custando menos, é outra fórmula pronta, mas para o próximo aparelho que deve ser o Galaxy Z Fold 4.

Existe até mesmo a possibilidade da escassez de chips deixar de ser um problema tão grande assim no ano que vem, quando este novo dobrável deve ser lançado. A solução deste dilema também pode fazer o custo do aparelho diminuir.

De qualquer forma, boatos comentam que estamos próximos de encontrar um smartphone dobrável topo de linha com preço muito próximo de outro fabricado pela mesma empresa, dentro da mesma categoria.

Via: PhoneArena.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!