Desde 2016, pesquisadores tentavam descobrir o que poderia explicar o tamanho “gigante” de esqueletos humanos encontrados em 205 túmulos na China. Pois bem, pode ser que agora a resposta tenha sido encontrada.

É importante destacar que o uso do termo “gigante” tem relação, na verdade, com o período em que aquelas pessoas viveram. Estima-se que os ossos tenham 5 mil anos, quando a média de altura era de 1,65 metros.

publicidade

Leia mais:

Neste caso, os esqueletos descobertos no norte de Shandong revelaram que aqueles homens e mulheres tinham uma estatura que girava em torno de 1,80 e 1,90 metros. Realmente, muito para aqueles tempos remotos.

Estudo explica os esqueletos “gigantes”

Após uma investigação profunda, um estudo da Universidade de Shandong pode ter encontrado uma resposta aparentemente simples, mas plausível para o fenômeno.

Em entrevista à agência de notícias do governo Xinhua, o líder da pesquisa, Fang Hui, atribuiu a altura incomum à posição geográfica.

Jazigos onde foram encontrados esqueletos "gigantes" na China
Jazigos onde foram encontrados esqueletos “gigantes” na China. Imagem: divulgação / Universidade de Shandong

Segundo Hui, estando perto do Rio Amarelo, aquelas pessoas tinham água limpa, clima úmido e sol. Com o ambiente perfeito para a prática agrícola, era mais fácil para aquela comunidade cultivar alimentos e, consequentemente, ter uma alimentação mais farta.

Para o pesquisador, o acesso a grandes quantidades e qualidade de comida pode explicar o tamanho incomum desses esqueletos “gigantes”.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!