A diretora Lana Wachowski explicou o porquê de ter trazido de volta Neo (Keanu Reeves) e Trinity (Carrie-Anne Moss) para ‘Resurrections’. Apesar do principal casal da franquia ter morrido em ‘Revolutions’ (2003), com o “Escolhido” sendo levado pelas máquinas no final, o trailer do novo filme mostra dupla vivendo normalmente em uma Matrix reiniciada. No entanto, ambos parecem estar sofrendo de algum tipo de amnésia, pois nenhum reconhece o outro – e o protagonista parece estar sofrendo com flashbacks da vida anterior antes da pílula vermelha.

Embora não esteja claro como o par foi trazido de volta para ‘Matrix Resurrections’, há especulações e rumores desde o anúncio do filme sobre como ambos retornariam. Alguns fãs teorizam que as máquinas que levaram Neo no fim do terceiro filme o conectaram de volta à Matrix para salvá-lo, enquanto outros acreditam que o casal assumiu corpos de hospedeiros – semelhantes ao que os Agentes fizeram ao longo da trilogia original. De qualquer forma, “o Escolhido” e Trinity ressuscitaram, algo que foi bem recebido pelos fãs, animados para ver o que o longa reserva para a dupla.

publicidade
Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss em 'The Matrix Resurrections'. Imagem: Warner Bros./Divulgação
Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss em ‘The Matrix Resurrections’. Imagem: Warner Bros./Divulgação

Convidada para participar de um painel sobre roteiro no Festival Internacional de Literatura de Berlim, na Alemanha, Wachowski se abriu sobre a decisão de trazer de volta os protagonistas para a sequência. A diretora afirmou que ficou inspirada depois de ter acabado de perder os pais e um amigo próximo. “Eu estava chorando e não conseguia dormir, e meu cérebro explodiu toda essa história”, declarou, ainda acrescentando que embora ela não pudesse buscar conforto dos pais, “Neo e Trinity voltaram de repente”, algo que foi motivo o suficiente para ressuscitá-los.

Leia a declaração completa de Wachowski abaixo:

“Meu pai morreu, então esse amigo morreu, então minha mãe morreu. Eu realmente não sabia como processar esse tipo de luto. Eu não tinha experimentado isso de perto… Você sabe que a vida deles vai acabar e ainda assim é muito difícil. Meu cérebro sempre alcançou minha imaginação e, em uma noite, eu estava chorando e não conseguia dormir, e meu cérebro explodiu toda essa história. E eu não podia ter minha mãe e meu pai, mas de repente eu tinha Neo e Trinity, sem dúvida os dois personagens mais importantes da minha vida. Foi imediatamente reconfortante ter esses dois personagens vivos novamente, e é supersimples. Você pode olhar para a situação e dizer: ‘ok, essas duas pessoas morrem e ok, traga essas duas pessoas de volta à vida e, ah, isso não funciona [contra o luto]”. Sim, funcionou! É simples, e é isso que a arte faz e é isso que as histórias fazem, elas nos confortam”.

– Lana Wachowski

Leia mais:

A irmã de Wachowski, Lilly, que trabalhou ao lado de Lana na trilogia original, já havia se aberto sobre a morte dos pais e como ela desejava seguir em frente, levando-a a não retornar para ‘Matrix Resurrections’. Mesmo em lados opostos, a decisão de cada uma das diretoras é mais do que compreensível. Todo mundo sofre da própria maneira, e é bom saber que Lana foi capaz de pegar o luto dela e transformá-lo em algo positivo, usando o conceito da obra que ela mesmo criou para ajudar a processar a dor e consolá-la com o retorno de Neo e Trinity.

Além disso, a declaração de Lana certamente acrescenta profundidade de significado por trás do título do filme. O título ‘Ressurreições’ pode ser lido como relacionado à série que está sendo trazida de volta e aos personagens. Na verdade, também faz muito sentido para Neo, que continua a ser a metáfora de Cristo em que o final de ‘Revolutions’ foi impregnado. No entanto, com os comentários da diretora, parece que de alguma forma também se relaciona com os pais dela, o que adiciona um nível ainda maior de profundidade emocional à produção.

Esperançosamente, ao trazer Neo e Trinity de volta para ‘Matrix Resurrections’, Wachowski será capaz de encontrar um “ponto final’ ao luto.

Keanu Reeves como Neo em 'The Matrix Resurrections'. Imagem: Warner Bros./Divulgação
Keanu Reeves como Neo em ‘The Matrix Resurrections’. Imagem: Warner Bros./Divulgação

Escrito e dirigido por Lana Wachowski, cocriadora da franquia original, ‘Matrix 4’ traz o retorno de Keanu Reeves na pele de Neo Carrie-Ann Moss como TrinityLaurence Fishburne, aparentemente, não retornará como Morpheus no novo filme (entenda o caso). Outros nomes que retornam para o quarto longa da saga são Jada Pinkett-Smith como NiobeLambert Wilson como Merovingian Daniel Bernhardt como o agente Johnson.

‘Resurrections’ também trará novos personagens e alguns deles serão vividos por atores de peso, como Neil Patrick Harris (‘How I Met Your Mother’), Yahya Abdul-Mateen II (‘A Lenda de Candyman’), Christina Ricci (‘A Família Addams’), Jonathan Groff (‘Mindhunter’) e Priyanka Chopra (‘Baywatch: S.O.S. Malibu’).

Além deles, quatro atores de ‘Sense8’, série também criada por Wachowski, estão presentes. São eles: Brian J. Smith (Will Gorski na série da Netflix), Eréndira Ibarra (Daniela), Max Riemelt (Wolfgang) e Toby Onwumere (Capheus). De forma oficial, nenhum dos novos personagens tiveram os papéis revelados.

Matrix: Resurrections‘ está marcado para estrear nos cinemas do mundo todo em 22 de dezembro de 2021. No Brasil, a Warner Bros. antecipou o lançamento em uma semana: 16 de dezembro. Atualmente, todos os filmes da saga estão disponíveis no serviço de streaming HBO Max, além da animação em computação gráfica que precede os acontecimentos dos longas, ‘Animatrix: A História Antes da Matrix‘.

Fonte: Screenrant

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!