A Israel Aerospace Industries (IAI) apresentou nesta semana o Rex MK II, um carro elétrico robô militar capaz de operar autonomamente em missões terrestres. O veículo não tripulado foi designado para ações de suporte, reconhecimento e até mesmo ofensivas contra linhas inimigas.

O automóvel foi exibido na mostra da Defense and Security Equipment International (DSEI), em Londres, Inglaterra, e já entrou em comercialização para as forças militares. Segundo os fabricantes, o lançamento atende uma demanda cada vez mais elevada de drones de combate para uso terrestre.

publicidade

Operando em um sistema elétrico híbrido, o Rex MK II possui autonomia de 300 km de distância, e capacidade de carga de 1,3 toneladas, voltada para abastecimento de suprimentos, materiais médicos, munições ou evacuação de feridos. Na dianteira, o automóvel não tripulado possui duas metralhadoras, de calibres 7.62 mm e .50, acopladas em uma torre, controladas remotamente.

Para os aspectos de reconhecimento, o Rex MK II possui um sistema de atenção situacional com radares e sensores ópticos, capaz de enviar informações à torre de controle. Os dados coletados são tanto usados para navegação do automóvel quanto decisões estratégicas.

Demanda por veículos de guerra não-tripulados é crescente

Se os fabricantes do Rex MK II estiverem certos, é bem possível que as guerras do futuro sejam travadas entre máquinas, e a IAI quer estar na frente. O robô carro elétrico é a mais nova adição sua chamada “Land Division”, de automóveis do segmento militar.

Até então, a Land Division contava com o RobARC, um detector de minas terrestres; o RobDozer, uma escavadeira para operações em zonas de risco e o Jaguar, um jipe automatizado usado em patrulha e defesa de fronteiras.

Via AutoEvolution

Imagem:

Leia mais:

Já assistiu aos novos vídeos noYouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!