A polícia do Reino Unido apreendeu e destruiu uma BMW M3 verde em Birmingham, noroeste da Inglaterra, após descobrir que o modelo havia sido construído com peças roubadas.

De acordo com as autoridades de West Midlands, o carro foi confiscado em novembro por um problema de identificação das placas. O emplacamento, segundo os policiais, pertencia a uma Série 3 com motor 2.0 a diesel, e não uma M3, um carro de alta performance.

publicidade

Leia mais:

Após algum tempo, o modelo foi examinado por um “esquadrão de especialistas em veículos roubados”. E o que se concluiu é que não se tratava de um erro na placa e, sim, o que os britânicos chamam de cut and shut: uma miscelânea de carros destruídos cujas partes boas foram soldadas para formar um único veículo. Em outras palavras, uma gambiarra automotiva.

De acordo com a polícia, componentes de pelo menos quatro M3s — incluindo duas roubadas, uma em 2018 e outra em 2019 — foram encontradas durante a inspeção.

“Esta BMW parecia ótima por fora, não dá para falar mal da pintura, mas veja por baixo do verniz e ela foi soldada, estando completamente insegura”, comentou o policial Mark Wheaver, do grupo da Polícia Rodoviária Central. “Quem quer que tenha montado este carro se esforçou significativamente para esconder sua verdadeira identidade.”

Não há evidências, no entanto, de que o proprietário do automóvel esteja envolvido no roubo ou na construção da M3.

Destruição indevida

Tudo leva a crer que o procedimento tenha sido ilegal. Uma concessionária local chamada Unit 17, responsável pela venda do carro, afirma que um juiz teria pedido à polícia de West Midlands para devolver o automóvel ao proprietário, o que não foi respondido.

“O juiz que ouviu este caso ordenou que o veículo fosse devolvido ao dono, mas infelizmente nessa altura o carro já tinha sido amassado”, diz um porta-voz da empresa em sua conta no Instagram.

Ao que parece, segundo informações da concessionária, o caso terminou com a polícia sendo condenada a pagar uma indenização ao dono. O valor não foi revelado.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!