A Apple reservou esta terça-feira (14) para o lançamento da nova linha do iPhone 13, trazendo mudanças importantes e melhorias em comparação com a geração anterior. Outra novidade foi o iOS 15, que ganhou data de lançamento para todos os dispositivos compatíveis: 20 de setembro.

Anunciado em junho deste ano, durante um evento da Apple para seus desenvolvedores, o WWDC, o iOS 15 chega mais como um pequeno refinamento dentro de tudo que já existe no iOS 14 desde o ano passado. As novidades estão centradas nas notificações, um modo para melhorar o foco durante o dia e até a possibilidade de assistir filmes e séries com outras pessoas pelo FaceTime.

publicidade

Leia também

iOS 15 quer melhorar seu foco

Um dos melhores recursos anunciados pela Apple para o iOS 15 está no modo foco. Ele permite controlar as notificações que chegam no celular, agrupando todas para que o usuário veja quando puder, em outro momento. A função permite até mesmo alterar a tela inicial, mudando a organização dos apps.

Dentro de mensageiros, o usuário pode escolher qual deles deixará de enviar alertas, indo até mesmo para quais contatos destes programas podem furar o bloqueio. Usuários no iMessage poderão receber uma resposta automática quando o destinatário ativou este modo.

iOS 15 no iPhone (Imagem: divulgação/Apple)
iOS 15 no iPhone (Imagem: divulgação/Apple)

Outra novidade é a possibilidade de reconhecer textos em imagens em sete idiomas diferentes, com o nosso português na lista. A ideia funciona assim: você tira uma foto de um cardápio ou qualquer coisa com texto, toca na imagem e pode selecionar todo o conteúdo escrito por lá. A partir deste momento o usuário consegue copiar para colar em outro lugar e até mesmo traduzir para outro idioma.

Também é possível fazer a mesma coisa com imagens baixadas pela internet. O mesmo recurso consegue reconhecer objetos na cena, como a raça de um gato, um ponto turístico, quem pintou o quadro ou então qual tipo de flor foi fotografada. É mais ou menos o mesmo trabalho do Google Lens, mas com maior suporte para reconhecimento de texto.

Facetime ganha cancelamento de ruído

Voltando para o Facetime, um novo recurso muito importante em tempos de pandemia é a possibilidade de remover por completo qualquer ruído. O software de chamadas de vídeo da Apple consegue identificar a voz e faz com que apenas ela seja enviada para o destinatário, ou grupo de pessoas.

Ainda neste app, quem tem um fone de ouvido compatível pode tirar proveito do áudio espacial durante as chamadas de vídeo, ouvindo a voz da pessoa partindo da direção onde ela está na interface. Assim como diversos serviços concorrentes, como Zoom, Google Meet ou Teams, quem estiver em uma reunião no Facetime poderá enviar um link para outro participante entrar, mesmo que ele esteja em um Android ou no Windows.

iOS 15 traz mais privacidade

Com o iOS 15 os usuários de dispositivos compatíveis poderão utilizar um novo painel focado na privacidade, com informações extras como quais dados foram acessados por quais aplicativos em um certo momento. Este relatório mostra até mesmo quais domínios os apps acessaram.

A Siri vai trabalhar mais com processamento acontecendo apenas dentro do iPhone e o Safari limita ainda mais os rastreadores. Dentro do iCloud+ o usuário poderá até mesmo esconder o endereço de e-mail em um cadastro, criando outro fictício que encaminha para o verdadeiro.

Existem mais melhorias e novidades dentro desse novo iOS 15, mas você pode conferir as outras clicando aqui.

O iOS 15 chega para todos os usuários com iPhones e iPods Touch compatíveis a partir do dia 20 de setembro:

  • iPhone 6s;
  • iPhone 6s Plus;
  • iPhone 7;
  • iPhone 7 Plus;
  • iPhone 8;
  • iPhone X;
  • iPhone XS;
  • iPhone XS Max;
  • iPhone XR;
  • iPhone 11;
  • iPhone 11 Pro;
  • iPhone 11 Pro Max;
  • iPhone 12;
  • iPhone 12 Pro;
  • iPhone 12 Pro Max;
  • iPhone 12 Mini;
  • iPhone SE (os dois modelos);
  • iPod Touch (7ª geração).

Já o iPadOS 15 é compatível com:

  • iPad Pro de 12,9 polegadas (5ª geração);
  • iPad Pro de 11 polegadas (3ª geração);
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (4ª geração);
  • iPad Pro de 11 polegadas (2ª geração);
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (3ª geração);
  • iPad Pro de 11 polegadas (1ª geração);
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (2ª geração);
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (1ª geração);
  • iPad Pro de 10,5 polegadas;
  • iPad Pro de 9,7 polegadas;
  • iPad (9ª geração);
  • iPad (8ª geração);
  • iPad (7ª geração);
  • iPad (6ª geração);
  • iPad (5ª geração);
  • iPad mini (6ª geração);
  • iPad mini (5ª geração);
  • iPad mini 4;
  • iPad Air (4ª geração);
  • iPad Air (3ª geração);
  • iPad Air 2.

Junto do iOS 15 e iPadOS 15, a Apple também disponibilizará o watchOS 8 e tvOS 15 para seus respectivos gadgets no dia 20 de setembro.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!