O Estado de São Paulo anunciou que irá reforçar a imunização de idosos com mais de 85 anos na capital exclusivamente com a vacina da Pfizer. A cidade espera para quarta-feira (15) a chegada de 344 mil doses da vacina, que só será aplicada em vacinados que receberam a 2° dose há mais de seis meses.

Segundo informações da Agência Brasil, o objetivo é garantir proteção adicional à população mais vulnerável ao novo coronavírus, em especial à variante Delta, predominante no município.

publicidade

Pessoas que deveriam ter tomado a segunda dose da AstraZeneca e ainda não completaram o esquema vacinal, também poderão usufruir da chamada intercambialidade e receber o imunizante da Pfizer no lugar. Para receber a dose adicional (idosos) – ou as doses iniciais – basta comparecer a um dos postos de vacinação do município com o comprovante de vacinação, documento com foto e comprovante de residência em São Paulo.

Mão de luva azul segurando um frasco de vidro da vacina da Pfizer contra a Covid-19
Covid-19: dose de reforço será aplicada com imunizantes da Pfizer em São Paulo. Imagem: Seda Yalova/Shutterstock

A Secretaria Municipal de Saúde informou que essa medida excepcional e emergencial se deve à indisponibilidade momentânea das vacinas de AstraZeneca. O município aguarda a entrega de novos lotes do imunizante pelo Ministério da Saúde, que recomenda que a população acompanhe a disponibilidade de segundas doses pela plataforma De Olho na Fila.

Leia mais!

Vale ressaltar que a combinação das duas vacinas – AstraZeneca e Pfizer – é segura e eficaz. A decisão do governo do estado se baseia em estudos que indicam que uma dose da Pfizer após a primeira da AstraZeneca garante um bom número de anticorpos. Uma pesquisa preliminar conduzida pela Universidade de Oxford, inclusive, mostrou que a combinação pode ser mais poderosa do que as duas doses da AstraZeneca. Clique aqui para entender mais sobre a mistura das vacinas.

Toda a rede de saúde estará, a partir de agora, aberta para a aplicação da dose de reforço ao público elegível, bem como também continua funcionando para a aplicação da primeira e segunda dose, para quem ainda não tenha recebido.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!