O filme ‘Cry Macho – O Caminho para a Redenção’ estreou no Brasil nesta quinta-feira (16). O longa, porém, “atrasou” mais de 30 anos. Isso porque o ator Clint Eastwood recebeu a proposta para estrelar o filme nos anos 1980, mas acabou recusando a oferta naquela época. Agora, finalmente, ele vive Mike Milo nos cinemas, além de dirigir e produzir o filme.

Crítica: aos 91 anos, Clint Eastwood mostra vigor no singelo e gracioso ‘Cry Macho’.

publicidade

Na época, Eastwood foi abordado pelo produtor Albert S. Ruddy para participar do filme. Mas, o cineasta acabou dando preferência à atuação em ‘Dirty Harry na Lista Negra’, de 1988, quinto e último longa da série ‘Dirty Harry’, dirigido por Buddy Van Horn.

“Al Ruddy me perguntou se eu faria o filme e eu achei que era muito jovem para o papel”, disse Clint Eastwood, em entrevista à revista norte-americana People. Na época, o ator, que fez 91 anos no dia 31 de maio deste ano, ainda não tinha nem completado 60 anos.

Leia mais:

De lá para cá, outros atores foram cotados para o papel de Mike Milo, como Arnold Schwarzenegger e Pierce Brosnan. Mas o longa ficou parado por falta de investimento.

Só agora ele se sentiu pronto para aceitar integrar ‘Cry Macho’. “Eu pensei que poderia dirigir na época, mas acabou ficando de lado. Então, cerca de um ano atrás, trouxemos o filme de volta e agora sinto que estou na idade certa e pensei que seria divertido fazer”, completou Eastwood.

CLINT EASTWOOD e EDUARDO MINETT
Clint Eastwood como Mike Milo e Eduardo Minett como Rafo em ‘Cry Macho’. Imagem: Claire Folger/Warner Bros. Entertainment

‘Cry Macho – O Caminho para a Redenção’ é baseado no romance homônimo escrito por N. Richard Nash, publicado em 1975. O filme mostra Clint Eastwood como uma ex-estrela do rodeio e criador de cavalos. No ano de 1978, ele arruma um emprego para levar o filho de Howard (Dwight Yoakam), seu ex-chefe, para casa e longe da mãe alcoólatra.

O ex-cowboy, mesmo em idade avançada, encara a tarefa como uma espécie de dívida de honra, já que o ex-patrão o manteve na folha de pagamento mesmo após um acidente e a despeito dos problemas com bebida.

Junto ao adolescente Rafo (Eduardo Minett), Mike atravessa zonas rurais do México no caminho de volta para o Texas. Na jornada inesperadamente desafiadora, o personagem de Clint Eastwood encontra o próprio senso de rendição, ensinando ao jovem o significado de ser um bom homem.

Via: Rolling Stones / People

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!