Especialistas e médicos alertam que a próxima temporada de gripe que pode ser severa, renovando ainda mais os temores de uma potencial “twindemia”, com a Covid-19 ainda se espalhando. Por conta disso, as autoridades de saúde estão pedindo para que a população tome a vacina o mais rápido possível.

Confira oito questões que você deve saber sobre a próxima temporada de gripe e também de sobre como tomar sua vacina anual contra a gripe durante a pandemia:

publicidade

1. Depois de uma temporada de gripe no ano passado, esta pode ser mais difícil

A gripe atingiu níveis baixos no ano passado nos Estados Unidos, ainda mais devido aos protocolos de mascaramento e distância social. De acordo a Dra. Jacqueline Korpics, diretora do Departamento de Saúde Pública do Condado de Cook, isso significa que muitas pessoas não foram expostas à gripe na temporada passada e não tiveram a oportunidade de aumentar sua imunidade.

 Ao mesmo tempo, algumas restrições à pandemia foram afrouxadas ou retiradas, mas o Covid-19 ainda está circulando, disse a Dra. Jacqueline Korpics, diretora médica do COVID-19 do Departamento de Saúde Pública do Condado de Cook.

“Há a preocupação de que esta seja uma temporada de gripe especialmente ruim devido ao afrouxamento das mitigações, o fato de que muitos de nós não fomos expostos no ano passado devido às mitigações e porque a gripe estará circulando simultaneamente com o Covid”, comentou ela.

O recente aumento de casos locais de outra doença respiratória – vírus sincicial respiratório ou RSV – pode ser um sinal de uma temporada de gripe ruim, explicou a Dra. Kelly Michelson, professora de pediatria e diretora do Centro de Bioética e Humanidades Médicas da Northwestern Escola de Medicina Feinberg da Universidade.

2. É um bom momento para tomar a vacina contra a gripe

Em um cenário ideal, todos seriam vacinados contra a gripe até o final de outubro, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Com isso, Korpics disse que setembro é um ótimo momento para se vacinar contra a gripe.

Leia mais:

3. As vacinas contra a Covid-19 e gripe podem ser administradas ao mesmo tempo

“Você pode obter uma vacina Covid-19 e outras vacinas na mesma visita”, afirmou o CDC em seu site. Além disso, a agência acrescentou que os efeitos colaterais após a vacinação são geralmente os mesmos quando administrados isoladamente ou com outras imunizações.

 “Queremos que você seja protegido e proteja aqueles ao seu redor que são especialmente vulneráveis ​​à influenza e COVID. Não se deixe ou aqueles ao seu redor sofrerem de uma doença evitável. Ambas as vacinas são seguras e, em geral, há poucas pessoas com contra-indicações para qualquer uma das vacinas”, disse Korpics.

4. É importante tomar as vacinas para se proteger

As crianças com menos de 12 anos ainda não possam tomar a vacina Covid-19, porém, a maioria pode ser imunizada contra a gripe, e especialistas em saúde dizem que é importante protegê-las contra qualquer vírus possível para minimizar a doença durante a pandemia.

“Por favor, vacine-se contra a gripe e Covid-19, é importante para você, para as crianças e para todos”, enfatizou Michelson. Ela acrescentou que bebês menores de 6 meses não podem tomar vacinas contra a gripe, então é importante que adultos e crianças o façam para ajudar a manter os bebês saudáveis.

5. Vacinas são importantes nesta temporada para evitar a sobrecarga de hospitais

Em muitas partes do país, os hospitais já estão sobrecarregados com pacientes Covid-19. “Qualquer coisa que possamos fazer para manter as pessoas fora do hospital será útil. Esta é outra razão importante para as pessoas tomarem a vacina contra a gripe”, disse Michelson.

Créditos: Shutterstock

6. As taxas de vacinação contra a gripe geralmente não são boas

Menos da metade dos adultos norte-americanos toma a vacina contra a gripe todos os anos, de acordo com a National Foundation for Infectious Diseases. A organização descobriu que 59% dos adultos entrevistados planejavam receber a vacina contra a gripe durante a temporada de gripe 2020-2021, um aumento de 52% no ano anterior.

Dos que não tinham certeza ou não planejavam se vacinar, 34% não acreditavam que a vacina contra a gripe funcionou bem, 32% disseram que nunca pegaram a gripe, 29% estavam preocupados com possíveis efeitos colaterais e 22% disseram que estavam preocupados em pegar o vírus gripe da imunização, sendo que isso não seja possível. 

7. Impacto da vacina

Houve um destaque nas vacinas – e também na hesitação das pessoas – durante a pandemia, por isso, os especialistas não têm certeza de como isso pode impactar contra a gripe nesta temporada. “Só espero que isso incentive mais pessoas a se vacinarem contra a gripe”, disse Korpics. 

Ela observou que os pacientes que pegam gripe ou Covid-19 após a vacinação geralmente têm uma doença muito mais leve e ainda estão protegidos de hospitalização, doenças graves e morte.

8. Diferença entre gripe e Covid-19

  • Nariz entupido é comum com a gripe, porém é raro em Covid-19; 
  • A perda do paladar ou do olfato é frequentemente associada ao coronavírus, mas improvável com a gripe;
  • Mas dores no corpo, febres, dores de cabeça e fadiga são sintomas de ambos os vírus. Por isso, as autoridades de saúde aconselham fazer o teste para Covid-19 sempre que for sintomático.

Fonte: Medical Xpress

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!