A Activision Blizzard segue empilhando problemas. Agora, a desenvolvedora é alvo de uma investigação da Comissão de Segurança e Câmbio (Securities and Exchange Commission, SEC, em inglês) por causa de como tratou com as alegações de assédio sexual e abuso dentro da empresa, que levou à intimação de executivos de alto escalão da empresa, incluindo o CEO Bobby Kotick.

A SEC deseja descobrir se a Activision Blizzard compartilhou as informações sobre as acusações de assédio e discriminação no local de trabalho com “investidores e outras partes”. Documentos da empresa, arquivos pessoais, acordos de separação, atas de reuniões até de 2019 e comunicações de Bobby Kotick com outros executivos foram solicitadas.

publicidade

Leia mais:

A desenvolvedora, por sua vez, alegou que está cooperando com a SEC. Bem diferente do que disse no processo movido por um departamento do governo do estado da Califórnia, em julho, quando disse que as informações estavam “distorcidas”. Em seguida, Kotick rejeitou o comentário e afirmou que a empresa estava “surda”.

O Tribunal Distrital dos Estados Unidos na Califórnia processou a companhia alegando que mulheres que trabalham na Activision Blizzard foram assediadas sexualmente e recebiam menos do que os colegas homens, principalmente na Blizzard Entertainment. J. Allen Brack, presidente da empresa, renunciou ao cargo.

Blizzard Entertainment
Os principais casos foram registrados na Blizzard Entertainment. Foto: Blizzard/Reprodução

Entre os casos de violência contra a mulher, o ex-diretor criativo sênior Alex Afrasiabi foi acusado de bater abertamente em funcionárias e tentar beijá-las a força. Funcionários e supervisores do sexo masculino precisaram retirá-lo fisicamente de cima das mulheres violentadas. O comportamento do ex-diretor foi tolerado com “pouca ou nenhuma repercussão”. Ele foi demitido apenas no início de 2020.

No mês passado, outros funcionários foram desligados da Activision Blizzard, incluindo o ex-diretor Luis Barriga e o designer Jesse McCree, da equipe de ‘Diablo IV’, e Jonathan LeCraft, ex- designer de ‘World of Warcraft’. O motivo das saídas não foi divulgado pela companhia.

Via: Digital Trends / Arstechnica

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!