O valor de mercado do bitcoin caiu novamente de forma drástica nesta segunda-feira (20). O motivo? Os investidores começaram a se desfazer do ativo (e de outras criptomoedas) em meio às incertezas sobre um fator que promete movimentar o mercado: o risco para a economia global gerados pelo grupo imobiliário chinês Evergrande, que acumula US$ 300 bilhões em dívidas.

A perda ocorre em um período em que o interesse pelos ativos digitais está em alta. Tim Frost, diretor-executivo da Yield App, diz que as criptomoedas seguem “a desaceleração nos mercados tradicionais enquanto a China enfrenta uma crise altamente contagiosa no mercado imobiliário”.

publicidade

Bitcoin e ether em queda

Imagem exibe um celular com a tela cheia de gráficos; ao fundo, pilhas de diferentes criptomoedas
Criptomoeda deve registrar mais quedas acentuadas até o fim de setembro. Imagem: Wit Olszewski/Shutterstock

Na manhã de hoje, o bitcoin registrou queda de 10%. Segundo a Coin Metrics, a última queda expressiva do bitcoin foi de 7%, quando o valor da criptomoeda foi negociado a US$ 43.790,25.

Quem também está em queda livre é o ether. A criptomoeda, ligada à rede blockchain Ethereum, caiu 8,5% e atualmente vale US$ 3.060,80.

Vale lembrar que o Bitcoin chegou a ser negociado acima dos US$ 50 mil em agosto.

Leia mais:

Mais regulamentações à frente

O declínio dos ativos também ocorre em um período de intensificação e incerteza sobre a regulamentação das criptomoedas. A Ucrânica, por exemplo, foi um dos países que já legalizou o uso do bitcoin.

Vale lembrar que El Salvador foi o primeiro país a regularizar o bitcoin. No mês passado, os EUA, por sua vez, propuseram regras para os “corretores” de criptomoedas continuarem operando no país.

Na terra do Tio Sam, o conselho americano de Supervisão da Estabilidade Financeira, pode classificá-las como “sistematicamente arriscadas”, o que pode sujeitar os operadores a uma regulamentação pesada no futuro.

Créditos da imagem principal: moxumbic/Shutterstock

Fonte: Cnbc

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!