Na semana passada, a SpaceX concluiu com sucesso o primeiro voo espacial 100% civil com o mergulho no Atlântico de sua missão Inspiration4, recebendo os cumprimentos e elogios de diversas personalidades dos EUA pelas redes sociais, estendidos ao CEO Elon Musk.

Merecem destaques os parabéns do administrador da Nasa, Bill Nelson, e, claro, os dos concorrentes na indústria de voos espaciais, Jeff Bezos, da Blue Origin, e Richard Branson, da Virgin Galactic.

publicidade
Joe Biden não manifestou opinião sobre o voo Inspiration4, recebendo uma provocação de Elon Musk no Twitter. Imagem: Perfect 5hot/Shutterstock

No entanto, parece que isso não foi suficiente para Elon Musk, que criticou o presidente Joe Biden no Twitter por ainda não ter manifestado seu apoio. E essa cobrança veio no melhor estilo Musk: no mais puro tom de deboche.

No domingo (19), Musk zombou de Biden depois que um usuário do microblog ‘cutucou’ o presidente por ainda não reconhecer o sucesso da missão em favor do Hospital de Pesquisa Infantil St. Jude, pedindo teorias sobre o silêncio de Biden.

Foi, então, que o bilionário famoso por suas alfinetadas na rede social respondeu: “Ele ainda está dormindo”, supostamente fazendo referência ao apelido dado a Biden pelo ex-presidente Donald Trump, “Sleepy Joe” (Joe dorminhoco, em tradução livre).

Leia mais:

Elon Musk já é reincidente em provocar Joe Biden

Esta não é a primeira vez que Musk ataca Biden. Na semana passada, ele respondeu a um meme que descreve o grande sindicato United Auto Workers como um alienígena parasita que se agarrou a Biden, refletindo sua frustração anterior com uma nova lei que apoia os fabricantes de automóveis sindicalizados.

De um modo geral, a SpaceX tem uma relação confortável com o governo federal, que “concedeu uma abundância de contratos à empresa de voo espacial privado”, segundo a rede CNBC. 

De acordo com o site The Byte, é improvável que um simples tweet (levemente rude) mude isso, já que a SpaceX provou ser competente em suas missões à Estação Espacial Internacional, além de ser a empresa favorita da Nasa para desenvolver um módulo de pouso lunar.

Até então, a Casa Branca não se manifestou sobre a provocação de Musk.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!