A escola de programação Let’s Code criou junto ao Itaú um novo programa de capacitação totalmente gratuito e online que visa formar e contratar profissionais na área de TI.

O CEO da Let’s Code, Felipe Paiva, diz que o objetivo da iniciativa é “formar profissionais de maneira pragmática, com tecnologias modernas e garantir que eles saibam programar de verdade ao final do programa”.

publicidade

A proposta é atrair profissionais de diferentes perfis e regiões do Brasil, sem exigir uma formação específica. Os candidatos terão 8h de aulas por dia com especialistas durante o período de 12 semanas.

Leia mais:

Alguns temas discutidos ao longo do curso serão: lógica de programação em Python, banco de dados, decision science e data science. Ao final, todos os 30 participantes aprovados pelo curso serão contratados para integrar a equipe de tecnologia do Itaú.

As inscrições vão até esta sexta-feira (24) e o início das aulas está previsto para o dia 18 de novembro.

Para participar, interessados devem se inscrever diretamente pelo site do programa. Os pré-requisitos são: ter mais de 18 anos e conhecimento mínimo em lógica da programação.

Desenvolvedor trabalhado no computador
Um dos requisitos para participar é ter um conhecimento básico em lógica de programação. Imagem: REDPIXEL.PL/Shutterstock

Salários de TI sobem 55% nas capitais

Apesar de a pandemia ter afetado o mercado de trabalho, com o crescimento do ‘home office’, alguns serviços despontaram em número de vagas e valores de salários — é o caso da área de tecnologia da informação (TI).

As capitais, Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP), apresentaram a maior alta salarial, cerca de 55,5%. O salário base na área de TI, em média, era de R$ 6.020,41 até setembro de 2020, saltando, conforme os números da startup de recrutamento Revelo, para R$ 9.364,21 em fevereiro deste ano.

O estudo também aponta que houve um crescimento de 132,5% no número de vagas na área de TI em 2020 quando comparado com o ano de 2019. Reforçando que o setor segue em busca de novos profissionais.

Créditos da imagem principal: Poring Studio/Shutterstock

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!