A multinacional americana General Motors (GM) trouxe detalhes dos motores Ultium Drive, que estarão presentes em sua picape Hummer e em outros veículos elétricos da empresa. São três novos motores construídos como uma família escalonável, compartilhando princípios de design, bem como ferramentas semelhantes e estratégias de manufatura.

Primeiramente, há um modelo de tração dianteira de 180 kW. Há também uma variante de tração dianteira e traseira de 255 kW. Um motor auxiliar de tração integral de 62 kW completa o trio de novidades da GM.

publicidade

Leia mais:

Os motores de 180 kW e de 255 kW são de ímã permanente, projetados com o objetivo de minimizar a dependência de materiais pesados ​​de terras raras. Já o modelo de 62 kW é um motor de indução.

Motor elétrico da GM de 250 kW
O motor EV de ímã permanente de 255 kW da GM será usado para aplicações de tração nas quatro rodas e tração traseira – Divulgação/GM

A empresa espera que todos os motores ofereçam excelentes torque e densidade de potência. Dessa forma, permitindo uma ampla gama de tipos de veículos, desde carros de alto desempenho até caminhões de trabalho.

Até três motores elétricos podem ser usados ​​em um EV (variações 2022 do GMC Hummer EV apresentarão três motores separados de 255 kW, gerando uma produção estimada pela GM de 1.000 cavalos de potência).

Desenvolvimento de software Ultium Drive

Os engenheiros da GM também desenvolveram um software para controladores de motor Ultium Drive. Esta é observada pela empresa como a chave para atender às necessidades de propulsão de vários tipos de veículos com um conjunto mínimo de componentes.

A equipe de desenvolvimento de produtos da GM atualmente trabalhando no desenvolvimento de software é composta por 11 mil profissionais. Projeta-se que esse número cresça, com o software servindo como base de um futuro totalmente elétrico da empresa.

Em seus trabalhos, a equipe usou engenharia assistida por computador e virtual, o que, segundo a empresa, garantiu rapidez, segurança e economia. A inteligência artificial e o aprendizado de máquina ajudaram a determinar as maneiras mais eficientes de distribuir o torque em sistemas de três motores, como no GMC Hummer EV.

caixa de eletrônicos da GM
A eletrônica de potência dos EVs baseados em Ultium da GM será integrada diretamente nas unidades Ultium Drive. O inversor e outros componentes eletrônicos de energia, como o módulo de energia acessório e o módulo de carregamento integrado residirão em caixas como esta dentro das unidades Ultium Drive da GM – Divulgação/GM

O software por trás dos motores elétricos da GM pode ser reutilizado em muitas aplicações. Segundo a empresa, proporcionando tempos de entrada no mercado mais rápidos, bem como a base para a expansão EV futura, já que esses motores são versáteis o suficiente para fornecer as necessidades de energia para uma linha completa de veículos.

A empresa também afirma ter encontrado uma maneira de integrar componentes, como o inversor de energia, diretamente nos motores Ultium, o que deve reduzir custos e simplificar a fabricação. Atualmente, esses componentes eletrônicos de potência, como o próprio inversor e o módulo acessório de potência, além do módulo de carga a bordo, são instalados de forma separada das unidades de propulsão dos carros elétricos da GM.

Alguns eletrônicos de potência terão até 50% menos massa e volume do que os equivalentes da GM de hoje, com até 25% mais capacidade. Os novos motores elétricos da GM e a eletrônica de potência integrada, contidos em suas unidades Ultium Drive, serão lançados no 2022 GMC HUMMER EV ainda este ano.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.