Lembra do conceito de triciclo elétrico apresentado pela BMW em julho deste ano? Pois então, a fabricante de bicicletas alemã Cube licenciou o projeto e construiu o veículo idealizado pela montadora.

Chamado pela BMW de Dynamic Cargo, o triciclo foi concebido para transportar pequenas cargas no ambiente urbano e pode ser útil para entrega e compra de produtos. O veículo elétrico tem capacidade de 60 quilos na plataforma de carga e 200 kg no total. Há espaço ainda para adaptar a plataforma para dois assentos para crianças — devidamente testados, diz a fabricante.

publicidade
Cube Dynamic Cargo, triciclo elétrico de carga
Cube/Divulgação

“Inspirados na ideia da BMW, colocamos todo o nosso know-how no desenvolvimento de uma bicicleta de carga adequada para produção em série”, disse Andreas Foti, CEO da Cube, em comunicado à imprensa. “Criamos um triciclo ultracompacto, ágil e seguro que pode ser usado e apreciado por qualquer pessoa.”

Leia mais:

Um dos pontos interessantes no Dynamic Cargo é o funcionamento da suspensão, que opera com um pivô que permite à frente se inclinar em curvas e a carga traseira permanecer reta. Além disso, o veículo inclui duas rodas motrizes, assistência elétrica e um diferencial na parte de trás.

Cube Dynamic Cargo, triciclo elétrico de carga
Cube/Divulgação

Outro conceito lançado pela BMW em julho, o Clever Commute, também foi licenciado e será feito pela empresa suíça SoFlow. O Clever Commute é um scooter portátil e também equipado com trem de força elétrico.

BMW quer estender inovação a bicicletas elétricas; mercado ignora

No início do mês, a BMW apresentou também seu conceito de bicicleta elétrica para o futuro. Com velocidade máxima de 60 km/h, a Vision AMBY pode funcionar como uma e-bike ou uma motoneta e ser configurada de acordo com a localização geográfica.

Segundo a fabricante alemã, a concepção do veículo se deu justamente pela necessidade de uma legislação para o transporte — chamado por ela de “transporte modular”. A ideia, no entanto, parece ter sido ignorada pelo mercado.

BMW Motorrad Vision AMBY
Vision AMBY: bicicleta elétrica com ares off-road foi recebida com frieza pela indústria (BMW/Divulgação)

“É de importância primordial para a indústria a proteção da bicicleta elétrica projetada para o corte de 25 km/h. Isso deve, a todo custo, permanecer como uma bicicleta do ponto de vista legislativo”, afirmou Claus Feischer, CEO do departamento de e-bikes da Bosch, ao site Cycling Industry News. “Devemos permanecer sem licença e exigência de seguro, com acesso às ciclovias.”

A BMW não informou se vai licenciar a Vision AMBY. Já o Dynamic Cargo e o Clever Commute ainda não tiveram seus preços divulgados.

Via eBikeTips

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!