Uma nova onda de e-mails de phishing foi detectado por empresas de segurança digital. Tudo começa com a exploração da imagem do bilionário Elon Musk, e claro, da vontade de ganhar dinheiro sem ter que fazer nada…

As possíveis vítimas recebem um e-mail com um anexo que abre um tal de “Fundo de Ajuda Mútua Elon Musk” ali a pessoa é convidada a inserir um endereço bitcoin para receber doações de criptomoeda gratuitas.

publicidade

A promessa do golpe é de enviar entre 43 e 2.395 dólares em bitcoins a todos os usuários que participarem. Mas o golpe não passa de um esquema de pirâmide: para receber o prêmio, a pessoa tem que fazer um depósito no valor mínimo. E é nessa hora que o “investidor” é passado para trás.

Não é à toa que o nome de Musk foi usado: ele é conhecido por investir e movimentar o mercado de criptomoedas. Mas esse não é único golpe que aproveitou a fama do magnata:

Um relatório divulgado pela Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos, divulgou que desde outubro do ano passado foram roubados 80 milhões de dólares, ou cerca de 424 milhões de reais em criptomoedas, tudo usando o nome de Elon Musk.

A recomendação para evitar perda de dinheiro é simples: não abrir e-mails de remetentes suspeitos, ainda mais se tiverem ofertas de dinheiro rápido. Mensagens nas redes sociais, como Twitter, também devem ser observadas com cuidado. Golpes desse tipo são usados não apenas para roubar bitcoins, mas podem capturar dados pessoais que podem levar a outros crimes…

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!