Os investimentos do bilionário Bill Gates são geralmente focados em inovação, e dessa vez não foi diferente. A startup contemplada com o aporte foi a Iron Ox, que levantou US$ 50 milhões (quase R$ 265 milhões) em uma rodada liderada pelo fundo Breakthrough Energy, financiado por Gates.

A empresa diz que pretende repensar todo o processo de cultivo agrícola. Para isso, ela aposta no uso de robôs para o cultivo hidropônico (uma técnica que cultiva plantas sem solo). O principal diferencial do sistema é o consumo de água, cerca de 90% menor que o cultivo tradicional.

publicidade

Atualmente, a novidade está em teste numa área de 10 mil metros quadrados na Califórnia. Funciona assim: os robôs movem pallets com as plantas e um braço robótico os movimenta para inspeção. Em seguida, um conjunto de sensores avalia parâmetros como os níveis de nitrogênio e acidez da água.

Toda a água que não é usada, segundo a Iron Ox, é bombeada de volta para ser usada novamente no processo de irrigação.

Atualmente, a companhia cultiva manjericão tailandês e morango com sucesso, e trabalha para iniciar o plantio de coentro, salsa e tomates.

Via: Exame

Leia mais:

Acordo entre UE e Bill Gates prevê investimento de US$ 1 bilhão em tecnologia limpa

Energia limpa
Fundo de Gates mira em energia limpa com investimento bilionário. Imagem: Felix Busse/Shutterstock

Uma parceria firmada entre a Comissão Europeia e o mesmo fundo de financiamento de Bill Gates (Breakthrough Energy) prevê investimentos na casa de US$ 1 bilhão em projetos de tecnologia limpa e energia sustentável entre 2022 e 2026.

O objetivo é investir em iniciativas que valorizam quatro pilares: hidrogênio verde, combustíveis de aviação sustentáveis, captura direta de ar e armazenamento de energia de longa duração para tornar as tecnologias limpas mais competitivas em relação aos combustíveis fósseis.

Créditos da imagem principal: Frederic Legrand – COMEO/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!